Chicago Fire 1×21 — Retaliation Hit

Estou com fome”. Detetive Voight.

Chicago Fire retorna após uma considerável pausa e entra em sua reta final. Lamentável que a série não conseguiu imprimir o mesmo bom ritmo dos episódios anteriores, mas, ainda assim, “Retaliation Hit” foi correto e bem produzido. Até mesmo os episódios mais fracos, contam com uma produção impecável.

A principal discussão foi sobre as noções de justiça e como esta pode ser manipulada para atingir fins que não justificam os meios. Favores, acordos, promoções; o leque de alternativas não inúmeras para que determinados setores da sociedade funcionem organicamente, sem grandes escândalos.

O pivô de todo esse debate é Kelly Severide e seu comportamento de macho alfa. Sua vida sexual começa a ver revirada de cabeça para baixo depois da denúncia de assédio por parte da alpinista Tara, que quer usar o caso para subir no campo profissional. E acabou conseguindo uma boa promoção em troca do silêncio. Severide é o tipo de cara canalha, que estamos acostumados a ver sempre. Desde o início, coleciona conquistas sexuais. Algumas delas terminam de maneira não muito amigável e isso acabou rendendo sérias complicações ao personagem.

Chicago Fire 1x21

Lembre-se que os Estados Unidos são extremamente puritanos quando o assunto é sexo. Até um presidente precisou vir a público pedir desculpas por seu comportamento sexual. Acontece que Severide não é Bill Clinton e não está nem um pouco interessado em se desculpar pelos seus atos. Isso poderá render uma queixa judicial e ele deverá responder criminalmente por seu comportamento. Uma grande pena, pois ainda vale o ditado que quando um não quer dois não brigam. Fica a lição para o tipo de mulher que o bombeiro irá se envolver futuramente.

A volta de Voight estava sendo alardeada a um bom tempo e finalmente aconteceu. O detetive voltou com tudo, cobrando os favores prestados à Gabriela. É Antonio quem intervém e toma uma atitude de ombridade. Afinal, a irmã se sacrificou para salvá-lo.

O que acontece com Voight é mais um claro exemplo de que os vencedores não são aqueles que se empenham pela justiça e sim aqueles que gritam mais alto. A declaração dele de que estava com fome assume diversos desdobramentos. Sim, Voight está faminto em vingar-se daqueles que o prenderam. Não acreditem em seu sorriso forçado e pedidos de desculpas. É impossível acreditar em uma raposa sorrindo a exibir seus dentes sujos de sangue.

O retorno de Hallie foi mais do mesmo. Se os roteiristas queriam causar um impacto maior com esse retorno, acabaram não alcançando o efeito desejado. E isso acontece simplesmente porque o espectador não demonstra empolgação pelo casal formado por ela e por Casey. Nem mesmo colocá-los na cama levanta a moral de ambos.

Peter Mills continua sua evolução em busca do tão sonhado título de bombeiro. Em um dos resgates foi brilhante e ainda teve o respeito do Comandante. Durante uma disputa interna infantil com Hadley, acabou levando a melhor e fazendo todos ficarem do seu lado. Merece, afinal, é um dos personagens mais carismáticos do seriado.

Após um episódio morno como este, fica a expectativa para uma melhor evolução no seguinte. É aguardar.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!