Chicago Fire 1×24 — Hell of a Ride (Season Finale)

Alguns de nós levaram alguns tapas hoje, mas algumas vezes a vida é assim. É melhor aprender isso agora… Como eu disse, nem tudo será um mar de rosas. Mas eu posso prometer que será uma longa jornada.” — HERMANN, Christopher.

O que se pode esperar de uma season finale? Geralmente, um episódio carregado de fortes emoções, com a amarração das principais pontas soltas da série e o surgimento de possíveis ganchos para a próxima temporada. Dificilmente tratar tal episódio como apenas mais um, ainda mais em uma série procedural pode ser uma decisão perigosa. E foi esse caminho que, aparentemente, Chicago Fire estava fadado a seguir.

Os principais conflitos a serem solucionados estavam na inseminação artificial de Leslie, o abalo no relacionamento de Gabriela e Mills e a aprovação de Mills ou não para o esquadrão. Os roteiristas pensaram: qual a melhor forma de resolver tudo isso? Criar uma ocorrência que durasse o episódio todo e colocasse todo mundo em um espaço fechado, beirando a claustrofobia, parecia uma boa solução.

Apesar da aparente má ideia, tudo serviu direitinho ao propósito. Um incêndio dentro de um presídio de segurança máxima acabou não sendo um tiro pela culatra. Apenas um adendo: o tempo gasto em desenvolver toda a situação da rebelião e o conflito entre presos e agentes poderia ter sido gasto para explorar melhor alguns arcos dramáticos da série.

Chicago Fire 1x24

A revelação do resultado da inseminação artificial de Leslie resumiu-se a um telefonema do hospital, seguido por um desabafo amargo da loira para a amiga Gabriela e só. O drama da paramédica merecia um tratamento um pouco mais atencioso.

Assim como o desfecho de Mills dentro do batalhão. Tudo bem que Boden, mais uma vez, fez um dos seus discursos motivadores do espírito humano. Contudo, Mills não levou muito a sério. Afinal, que moral tem o homem que escondeu durante muito tempo ter sido amante e carregar alguma culpa pela morte de um companheiro? Estar pouco se lixando para os conselhos edificadores do Chefe é plenamente compreensível.

O relacionamento de Gabriela e Mills também teve uma solução dentro do presídio. O moço perguntou se a jovem ainda sentia alguma coisa por Casey. Nesse momento, todos os aplausos para a sinceridade de Gabriela ao assumir que o tenente ainda mexe com ela. E ainda mais bonito o fato de ela ir procurar Casey e oferecer o seu aconchego.

A pendência de Casey com Voight foi mesmo abandonada depois do anúncio do spin-off Chicago PD. Provavelmente, o espectador vai ter que engolir mesmo o fato do detetive não ser o mau caráter pintado no começo da série.

Alguns ganchos foram deixados para a segunda temporada. A volta de Rennée, a única personagem que realmente poderia fazer Severide feliz, e a revelação “bombástica” da gravidez da moça. O Molly’s terá um bar concorrente e isso pode render alguma coisa no campo cômico com Otis. Mills indo se inscrever no Departamento de Polícia parece ser um leve equívoco. E Casey em um início de depressão. Toda essa apresentação ao som de uma belíssima narração em off de Hermann conversando com a filha recém-nascida.

Um episódio que deixou um gosto agridoce para quem estava acostumado com o alto nível apresentado nos últimos. A série volta para a sua segunda temporada e tem tudo para continuar fazendo o trabalho impecável, acadêmico, que apresentou na primeira. E nós estaremos lá para presenciar isso.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER