Chicago Fire 2×01 — A problem house

É bom estar de volta?” — CRUZ, Joe.

“Melhor do que bom” — CASEY, Matthew.

Chicago Fire está de volta em sua segunda temporada com a mesma fórmula que a consagrou na primeira: um roteiro seguro, apesar de óbvio; boas atuações; efeitos especiais eficientes e a segurança do nome de Dick Wolf na direção executiva da série.

Uma Chicago mais ensolarada surge como cenário para os problemas domésticos a serem enfrentados pelos bombeiros do Batalhão 51 nos meses à frente. O principal deles é a ameaça de um fechamento, que já afetou, ao menos, dois batalhões. A presença da consultora financeira Gail McLeod instaura um clima de que cabeças rolarão caso não atinjam uma economia de 4% nos gastos. Naturalmente, tal medida é um grande desafio para o Batalhão 51, acostumado a envolver-se em problemas dos mais variados.

A frustração de Leslie por não conseguir engravidar pode tê-la motivado a desconfiar que o filho esperado por Renée possa não ser de Kelly Severide. Tal desconfiança pode até ser verdadeira e, quiçá, o motivo para que Kelly seja alvo de um incendiário. O episódio deixou isso muito bem desenhado. Nos três casos envolvendo os bombeiros de Chicago, um artefato doméstico, o estopim dos incêndios, foi encontrado.

Chicago Fire 2x01

Um ano desde a morte de Andy Darden e Heather, a viúva, ainda precisa encontrar forças para sobreviver à ausência do marido e à rebeldia do filho mais velho, Griffin. E a loira parece ser marcada com o gene da desgraça, pois, no fim do episódio, sofre mais um baque, que poderá deixar seus filhos também sem mãe. Para sua sorte, Matthew Casey continua sendo um bom moço.

Aliás, a cada cena de Casey com Heather deixa claro que os atores possuem muito mais química que ele e Gabriela. A paramédica que se cuide. Se ela continuar insistindo nesse discurso de serem apenas bons amigos, poderá jogar Casey direto para os braços de Heather.

O Game Day, bar rival ao Molly’s, teve sua inauguração e mostrou que não está para brincadeira. Pior para Otis, Hermann e Gabriela, que precisam se virar para não perderem a clientela. Agora, o que foi aquele flerte da Gabriela com o cliente bonitão?

Mouch é um personagem bastante carismático e ficou ainda mais fofo com a presença de sua namorada japonesa, Mari. Muito importante a análise que a oriental fez dos olhos de Mouch, predizendo que ele está destinado a grandes atos. Isso só serviu para encorajá-lo a candidatar-se à presidência do Sindicato dos Bombeiros. Desde já, a antipatia com o rival Greg Sullivan, mesmo que este não tenha dado as caras no episódio, existe.

No aspecto técnico, Chicago Fire continua com competência ímpar. As tomadas dos incêndios estavam mais intensas e câmera fazia questão de jogar o espectador no epicentro do fogo, gerando uma sensação de claustrofobia singular. O perigo era real e imediato e você podia senti-lo. Pena que o roteiro continua insistindo nas obviedades de colocar um personagem principal em situações arriscadas quando não tem intenção de mata-lo. Isso prejudica a tensão que deveria ser sentida.

Até a apresentação dos personagens novos segui a cartilha do lugar comum. Desde seu primeiro frame, ficou claro que Gail McLeod será a bitch do momento. Quando Jeff Clarke, outro novato, entra em cena, também é evidente de qual lado da força ele está. E sua aliança final com Gail só vem a confirmar isso.

Um detalhe sobre a fotografia e a paleta de cores utilizada no episódio. Quando Mills entra em contato com Antonio, irmão de Gabriela, o diretor optou por tons azulados, como que para diferenciar as cenas envolvendo os bombeiros e aquelas envolvendo os policiais, que irão ganhar um spin-off, o Chicago PD.

Chicago Fire chegou com tudo mostrando como se faz um arroz com feijão decente e nutritivo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER