Chicago Fire 2×07 — No regrets

Tem sido uma honra servir com cada um de vocês[…] O que os faz excepcionais? Não importa o tamanho da queda, nunca desistirão de algo que vale a pena lutar ”. — BODEN, Wallace.

A cada episódio, Chicago Fire consegue surpreender com a precisão de um roteiro firme e bem amarrado. E mesmo que ainda a excelência do episódio passado demorará em ser superada, o sétimo não deixou nada a desejar. Correto, preciso, emocionante e tenso na medida exata.

Em Chicago Fire, não há personagens avulsos. Todos têm a sua importância e seus dramas ajudam a contar esta emocionante trama. Se algum deles está em cena, sua história contribui para o desenvolvimento de uma narrativa coesa.

Quando a desativação dos batalhões começou com uma espécie de caça às bruxas, alguns personagens foram introduzidos. E despertou algumas dúvidas em relação à absorção destes pela série. Os roteiristas conseguiram fazer isso de maneira bem orgânica, não forçada. E, quando menos se espera, o público já está envolvido com estes personagens.

Chicago Fire 2x07

É o caso de Jeff Clarke. A evolução dele é impressionante. Inicialmente apontado como um possível delator de McLeod, Clarke tem se mostrando interessante. E neste episódio, uma nova parte de sua vida foi revelada: o frágil relacionamento com sua esposa, Lisa, e que ela um fuzileiro antes de integrar os bombeiros. Muito ainda poderá sair dessas revelações.

A situação paternal de Casey foi testada em dois momentos. No primeiro, Heather sai em condicional e recupera seus filhos, proporcionando uma das cenas mais emotivas do episódio. E no outro, o tenente vai à busca da uma garota desaparecida em meio a um acidente, atendendo a um apelo desesperado de um pai. O roteiro conseguiu transformar Casey em um herói paternal incrível.

Gabriela e Leslie continuam se estranhando. A morena percebe que a loira não está em seus melhores momentos desde o suicídio e tenta ajudar. Contudo, Leslie, que já era teimosa, ficou ainda pior depois que começou se envolver com Devon. Esse arco precisa evoluir, pois corre o risco de tornar-se repetitivo.

Kelly descobre uma irmã, Katie, e acaba confrontando o distanciamento familiar do pai. Mais um drama importante para Severide.

Porém, o grande destaque do episódio foi mesmo Wallace Boden. Começando com um exame do pulmão em uma máquina claustrofóbica de ressonância magnética, serviu como metáfora para tudo o que ainda viria. A liderança firme e precisa diante de uma das maiores crises enfrentadas pelos bombeiros do Batalhão 51 mostram que não existe uma pessoa melhor para estar à frente do batalhão que ele. Até Benny foi obrigado a reconhecer isso.

E, durante o desabamento, Boden conseguiu acertar-se com Mills, chateado desde que descobriu o envolvimento do Comandante com a mãe. E não havia dúvidas que o Chefe não ia deixar o seu posto sem antes lutar muito. Seu discurso final, apaixonado, é a síntese da história desses homens corajosos e heroicos.

A direção de arte de Chicago Fire e a equipe de efeitos especiais merecem serem louvadas ao extremo. A reconstrução de um descarrilamento de um trem e toda a tensão relacionada a isso atingiu um nível extremo de realismo. Era como estar lá, revivendo toda aquela urgência. O resgate, o risco de explosão, os atores correndo, pulando, lutando. Tudo absurdamente crível. Os casos recebem um tratamento cada vez melhor. Isso contribui muito para o espetáculo televisivo oferecido pela série.

Semana que vem, a série pega fogo com Boden mostrando que não é o tipo de pessoa que desiste facilmente. E isso renderá outro episódio interessante para Chicago Fire.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER