Chicago Fire 3×14 — Call It Paradise

Juntos nós seguimos em frente”. BODEN, Wallace

Ok, tenho que começar essa crítica dizendo que os roteiristas de Chicago Fire, não tem coração, pelo menos não quando o assunto é #Dawsey, deixa eu só recapitular, no episódio anterior de Chicago Fire Gabi e Matt combinaram que o mais sensato seria dar uma pausa no relacionamento, ok, no último episódio de Chicago P. D. Gabriela quase foi queimada viva certo? Nesse episódio Dawson quase levou um tiro e ele estava lá, viu tudo, porque ele simplesmente não se deu conta de que não pode ficar mais nem um minuto longe dessa mulher? Porque ao ver os dois tão fofinhos juntos cuidando do bebezinho, Severide vai lá e dá um conselho podre daquele? Roteiristas, onde está o coração de vocês quando o assunto é #Dawsey? Estou perplexo, não quero mais essa palhaçada, pronto falei.

Outra coisa, o Kelly não pode ser um tipo de consultor para os casos de incendiários? Assim já tira o peso das costas dos fãs com a possibilidade dele abandonar o batalhão mais querido do planeta, vamos concordar que Taylor e Jesse são a “cara” de Chicago Fire.

Call it Paradise, foi um episódio tenso e cheio de tensão, Mills e Brett nunca pega casos fáceis, e aparentemente tem talento para se meterem nos piores casos possíveis, mesmo quando tudo parece simples, só eu que acho que o Peter anda meio apagadinho? Mesmo aparecendo em muitas cenas não parece haver evolução, daqui uns dias fazem igual fizeram com o Newhouse nesse episódio, vamos contar o fato de que pelo menos ele foi citado, enquanto outros personagens simplesmente não aparecem, nós entendemos, nem todo mundo precisa dar as caras o tempo todo, mas Mills que costumava apresentar um pouco mais de complexidade agora parece apenas um personagem secundário raso, de qualquer forma essas coisas mudam bastante em Chicago Fire, vamos esperar que o rapaz volte para os olofortes.

Chicago Fire - Season 3

Em contrapartida Brett ganha cada vez mais espaço, sua parceria com Cruz tem rendido cenas mais leves para a série que tem carregado na tensão, ação e emoção. Além de uma boa amiga para Gaby, que na minha opinião parece que vai realmente precisar de um ombro pra chorar, agora que Matt resolveu galinhar, enfim, Sylvie é uma ótima namorada e excelente paramédica e mesmo sendo boa em tudo não deixa de ser uma personagem interessante, energética e engraçada, talvez sejam os roteiristas forçando a mão, já que a moça entrou para “substituir” ninguém menos que a Shay, então realmente precisavam de toda ajuda que conseguissem.

Bom, entre sequestradoras malucas e adolescentes drogados perdidos em meio a uma tempestade de neve, gostei de como tudo foi bem trabalhado, tirando a parte de boicotar #Dawsey, claro, enfim Dick Wolf não tem todas as suas séries renovadas atoa, e por acaso a pediatra que aparece vai fazer parte do time de Chicago Med? Todos roendo as unhas com esse piloto disfarçado de #CrossoverEvent? Eu estou! Chega logo. Mas enquanto isso você assiste o promo de Headlong Towards Disaster, pra ver que o Casey é tão azarado, que nem uma transa aleatória sem compromisso ele consegue fazer direito, talvez seja bom mesmo Gaby não ficar com ele, o histórico do cara não é dos melhores, alguém só me explica o que aquele cara está fazendo no lugar do Boden? Oi?

Achei todo o episódio de partir o coração, mas eu tenho um ponto fraco para bebês e pets, porque é claro eles tem muita coisa em comum, digo bebês e pets são quase a mesma coisa, então não posso ver um sofrendo que já estou chorando na frente do computador, não posso deixar de dizer que Chicago Fire, tem muitas vezes cara de um Grey’s Anatomy com bombeiros, não que isso seja ruim, na verdade é muito bom, eu gosto, com Casey como McDreamy e Severide como McSteamy, ok, parei de fazer comparações, mas o que com certeza deixou os fãs chorosos foi o fim do episódio, mais um presente para quem sente falta da Shay e a morte do Papa Boden, um tanto inesperada já que ele tinha mais um tempinho de vida. Adorei o tema da festa no Molly’s, o timming foi perfeito o que deixou a situação toda ainda mais triste #RIPPapaBoden, um episódio que não economizou no apelo emocional se saiu muito bem em meio a tantos episódios excepcionais que vem sendo apresentados, Chicago Fire está segurando a bola no alto, todos rezam para que eles não deixem cair, pois está bom demais. Por hoje é só pessoal! Até a próxima!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER