Chicago Fire 4×10 — The Beating Heart

The Beating Heart marcou o começo do Crossover #OneChicago, e não poderia ter sido mais intenso e emocionante.

Outro dia passei a noite em uma cela. A pior noite da minha vida, mas eu passaria cem anos lá se pensasse que isso ajudaria Herrmann agora.” — BODEN, Wallace

Com um roteiro muito bem organizado, mais uma vez tivemos um ótimo episódio da tríade Chicago. The Beating Heart abriu o evento histórico da TV americana, que uniu as três séries do produtor Dick Wolf e não decepcionou.

Mesmo com muitos assuntos a serem tratados, o trabalho para unir os três shows de forma convincente e satisfatória não deixou de lado tudo o que estava acontecendo para se focar em um caso isolado.

O décimo episódio dessa temporada começou exatamente onde a série havia parado, e seguiu uma sequência de acontecimentos muito bem alinhados, pois como já era de se esperar, esse crossover não vai tratar apenas um assunto durante os três episódios. A montagem que une os programas é uma teia de acontecimentos que acabam ligando todas as equipes.

Por isso há também a desproporção da participação dos times nos episódios. Em The Beating Heart, por exemplo, tivemos poucas aparições dos personagens de Chicago PD. Naturalmente caçar Freddie não era o centro da trama, o que limitava a participação da inteligência no episódio.

Então, é esperado que o mesmo aconteça nos episódios seguintes do especial. Este que serviu para integrar de forma mais apropriada a equipe de Chicago Med com as suas séries irmãs.

Sobre os assuntos inacabados que não foram deixados de lado, tivemos o momento fofura que estava transitando entre Fire e PD nos últimos episódios antes do hiato. O pedido de casamento de Mouch para Truddy que acabou saindo todo atrapalhado, nenhuma novidade nisso, e terminou de forma bem compreensiva por parte da personagem mais durona das três séries.

Para os fãs, já é normal ver esse tipo de coisa nas séries de Dick Wolf. Em muitos programas do gênero, quando algo grande como a situação de Herrmann acontece, a vida de todos os outros personagens parece parar para girar em torno disso. Para os bombeiros e paramédicos da Firehouse 51 isso não acontece. Assim como no mundo real a vida dos demais personagens segue em frente, mesmo com seus corações e mentes com o amigo ferido, eles ainda precisam trabalhar e viver suas vidas. Essa essência é o que aproxima a tríade do público e da realidade.

Outro ponto é o que está acontecendo com Chili, a garota que vivia para ser alma e o otimismo da casa, anda um tanto melancólica e paranoica. Já dá pra saber que coisa boa não vem por aí e ainda para manter Chicago Fire dentro do especial, este caso e a saúde de Herrmann ainda permanecem um mistério.

Voltando aos casos da noite, vale lembrar que nem todos os personagens andam com mudanças de atitudes. Severide mais uma vez mostrou seu lado prepotente e acabou forçando Cruz, que já não é uma personagem muito esperta, a tomar atitudes precipitadas e arriscadas, que por sorte não acabaram muito mal.

Dr. Rhodes pareceu realmente meio preguiçoso sobre o tratamento de Herrmann. Entendemos que o roteiro dependia do personagem na cama e precisavam desenvolver a história para estendê-la ao episódio de Chicago Med, mas quem está acostumado com outras séries médicas, até mesmo com a própria série novata, sentiu falta do page cardio, page todo mundo, page OB! Alguém salva esse homem gente!

Falta saber o que você achou de tudo isso. Lembre-se de deixar sua nota para este episódio no nosso placar, e comentar o que achou do primeiro crossover event #OneChicago da história.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER