Chicago P.D. 2×05 — An Honest Woman

Eles disseram que iriam cortar meu neto de dentro dela. Eu acreditei neles”. VOIGHT, Hank

Essa semana veio para esquentar as séries que eu escrevo reviews e Chicago P.D. veio em clima de sua série mãe, pegando fogo! Piada horrível eu sei, mas não resisti, o crítico que vos escreve é péssimo com piadas. Enfim, vamos ao que interessa, An Honest Woman foi um episódio para fã nenhum colocar defeito, como eu já havia comentado antes os assuntos internos deixam a série muito mais interessante e pela primeira vez na temporada tivemos a oportunidade de ver Hank Voight nos mostrar, porque é o personagem mais f*** da série.

Parece que Olive, apesar de todos os indícios, era mesmo a mulher honesta que o nome do episódio sugere, afinal durante uma visita a Hank, para pedir mais dinheiro, não que isso seja ruim, mas o clima do episódio nos faz acreditar que sim, só pra depois nos dizer que não é nada disso e a pobre coitada ainda quase morre sufocada.

Nesse episódio tivemos de tudo um pouco, Olinsky com problemas pessoais dá uma patada monstra no Ruzek sem motivo aparente, mas depois o Papa Smurf pede desculpas e explica a situação, achei tão legal, porque a ligação entre os dois deu uma esfriada com o passar da primeira temporada, para quem não lembra quem recrutou o Adam foi o Al, e mesmo que o laço tenha ficado pouco aparente com o passar do tempo achei bem legal perceber que eles ainda tem alguma coisa que os une como amigos.

B0prJFDCMAAl8NO

A pergunta que não posso deixar esse review sem fazer é: desde quando Antonio é o cachorrinho, cego, surdo e mudo do Voight? Sério, não sei se estão com preguiça de escrever algo interessante para o personagem, mesmo com o lance de ele ser segurança particular começar a esquentar nesse episódio, afinal todo mundo sabe que vai dar confusão, o personagem enfraqueceu, por mim se tiverem que escolher alguém para “partir” nessa temporada, ele e o Artwater podem dar as mãos e fazer um combo “mortes da temporada”, não acrescentam e talvez a morte deles até trouxesse mais tempero para a série.

Meu casal preferido (#Listead) ficou meio apagadinho nesse episódio, mas eu só superei isso porque ter a ira devastadora de Hank Voight de volta foi o suficiente para mim, mesmo que depois ele tenha demonstrado mais compaixão do que o esperado, foi bem interessante quando ele declarou que não estava buscando apenas o dinheiro que lhe foi roubado e depois constatar que ele não estava mentindo, ele queria de volta as fotos da família e o anel da mulher falecida para dar ao Justim no fim do episódio, e por essa ninguém esperava, mesmo com aquela voz rouca, que muitas vezes tenho a sensação de que ele não vai conseguir terminar de falar, espancando todos os que cruzaram seu caminho e distribuindo patadas até para sua fiel equipe, Hank é um sentimental irremediável. Confesso que eu senti falta da personalidade violenta e determinada do personagem, mas como sempre descobrir que os brutos também amam fazem todos gorfarem arco irís.

Para tudo, esquece Voigh, esquece #Linstead, Ruzek precisa tomar uma atitude, afinal o tal do Roman chegou como quem não quer nada, e agora ele e a Burgess já estão terminando as frases um do outro? Não consigo me conformar como as pessoas não tem respeito nenhum pelos casais originais, gente qual o problema com os casais óbvios? Aqueles que todo mundo sabe que tem que ficar juntos e a resposta pra isso é: porque sim. Estou realmente preocupado com isso, já cansei dessa brincadeira, já que a Platt é tão esperta para notar, espero que ela seja esperta o bastante para ajudar a destruir.

Não sei o que eu gostei mais sobre esse episódio? Se era o fato de ser o tipo de episódio que eu sempre espero de Chicago P.D. ou se porque ter o Hank badass de volta é tudo de bom, mesmo com ele mostrado piedade pelo cara que quase o matou e dando o anel de noivado para o filho, mais fofo ainda foi o Justim contando que o filho da Olive é um menino, todos gorfam corações agora, pois mais um Voight está para vir ao mundo.

Por fim, eu não tinha visto o preview do próximo episódio, aí eu percebo que o Artwater vai ter mais espaço em Prision Ball, a última cena do promo é um corpo caindo, aparentemente o dele, todos concordam que os promos geralmente dão idéias enganosas só para atiçar o público? Ok, todo mundo sabe que ele não vai morrer, mesmo que eu esteja desejando isso, afinal drama nunca é demais.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER