Classe e breguice no People’s Choice Awards

Essas estrelas que foram ao People’s Choice Awards me deram muito material para trabalhar, então vamos cortar o papo-furado e ir ao que realmente interessa.

Começaremos com a apresentadora dessa edição do PCA, Kaley Cuoco, a Penny de The Big Bang Theory, que poderia ter um post só dela devido aos modelitos — CA-GA-DOS — escolhidos em cada troca de roupa.

Primeiro, vestido vermelho com sapato vermelho? CÊJURA? Era para homenagear a Blood Mary? Olha, vou dizer que todos os vestidos vermelhos que eu vi por aí me decepcionaram, mas o da Kaley ganhou disparado. Cafoníssimo! Não só o vestido e o sapato que não ornaram, mas o vestido sozinho já é péssimo e breguissímo. Dos vestidos de comprimento midi que ela usou, eu, honestamente, preferi o branco, apesar do volume ter ido para abaixo do quadril, coisa que eu não gosto muito. Mas a Penny, ops, Kaley ficou bem elegante — na medida do possível de ser elegante com penas all over your legs — com ele.

Já entre os longos, claro que o melhor de todos é o preto. Preto, básico e longo. Se ela conseguisse estragar com ele, eu iria até o fim do mundo atrás dela e encheria seu lindo rostinho de tapas. Mentira, aqui na BdS Inc. somos todos da paz, mas eu iria lá rodar a baiana com ela. Mas os outros dois, o rosinha e o cinzinha não estavam de todo ruim. Os figurinistas só deveriam ter aliviado na mão na hora dos midis. Só isso.

Mas o melhor look desfilado por Cuoco no PCA foi o do tapete vermelho. Ela poderia ter ficado com ele a premiação inteira que teria arrasado. Sem dúvida alguma.

Aí tivemos as garotas de branco, duas delas arrasaram, como vocês podem ver, enquanto outra teve uma escolha um tanto ousada. Ana Montanha, a Miley Cyrus, nunca sei quem ela é na ficção e quem ela é na vida real, estava com um off-white muito bonito e que ressaltou seus melhores atributos e a deixou com muito peito, muita quantidade de mamilo, manolo… Claro que o rosto dela não ajudou nada e essa imagem me faz acreditar que ela que é um duende. Olhem bem, agora olhem de novo e digam se eu não tenho razão? DUENDE TOTAL.

Ashley Benson, a Hannah de Pretty Little Liars, foi de cosplay de Zooey Deschanel, mas ficou linda. O estilo cinquentinha ficou um arraso na atriz e acho que ela deveria investir mais nesse tipo de roupa. Sem contar que quebrar o branco com preto é uma das coisas que eu mais gosto quando o assunto é roupa branca. Nota dez para Benson! Uma das minhas favoritas da noite.

Já Jennifer Morrison, a Emma Swan — só eu lembro de Crepúsculo com esse sobrenome? Alor, Bella Swan — de Once Upon a Time, foi toda trabalhada na renda. Ficou linda demais, mas o acabamento com as franjas não me agradou muito. Fora as franjas, amei todo o resto da produção. A maquiagem estava linda, o batom vermelho destacou o rosto da bela atriz, junto com o cabelo amarrado num coque alto que deu ainda mais destaque à este belo atributo da minha eterna querida Doutora Cameron. E para amarrar o visual, um sapato nude que não roubou a atenção do resto do look. Ousado, mas um arraso!

Aí pulamos do branco para o preto. E começamos com a colega de elenco de Ashley Benson, Shay Mitchell, a Emily de PLL, que se jogou com muita classe num vestido preto com bordados em prata. O sapato e a carteira também pretos, deram a ela a chance de não errar. Ela se jogou numa combinação segura, mas é muito melhor que errar e se tornar o assunto do dia na Polícia Fashion do E! Channel.

O longo de Elisha Cuthbert, a Alex de Happy Endings, estava maravilhoso. E, de certa forma, casual. Apenas a saia era preta e o corselet dourado chamou atenção e fez a filhotinha de Jack Bauer ser uma das mulheres mais lindas da apresentação. O cabelo solto e a maquiagem muito clara e limpa deu uma classe casual ao look. Só posso dar os parabéns à essa linda.

As lindas Kat Dennings e Beth Behrs, nossas amadas Max e Caroline de 2 Broke Girls, estiveram juntas a cada minuto da premiação e combinando, já que as duas arrasaram no modelito preto básico. Kat, por ser mais gordinha e peituda, atacou de decote V e uma fita para marcar a cintura, com o vestido na altura do joelho. O cabelo, assim como o da maioria das mulheres, estava solto e a tonalidade escolhida para o batom foi vermelho. Arraso total! Beth, a bela loiríssima, atacou de tomara-que-caia e foi outra que apostou na marcação na cintura com um cinto prateado lindo. E para dar certa alegria ao look, a loirinha recorreu à uma carteira laranja. Como diria Charlie Sheen, WINNING!

E mais uma mentirosinha arrasou no tapete vermelho. Quando eu digo arrasou, arrasou de verdade, já que Lucy Hale foi a minha favorita da noite. Ela foi outra que se jogou num tomara-que-caia preto, que tinha um detalhe de uma espécie de faixa no ombro e ia até os pés da atriz, na verdade, além dos pés, já que esta tal faixa formava uma cauda que deixou a menina uma perfeita princesa. O cabelo, nem preciso dizer que estava solto e a maquiagem era bem clarinha. Achei uma excelente opção para não pesar o look. Perfeita, Lucy, perfeita!

E é claro, como em qualquer outra premiação, tive minhas decepções. E também não entendi algumas propostas que as meninas tentaram passar. Lea Michele e Ginnifer Goodwin, por exemplo, não entendi nada do que vocês quiseram com esses vestidos estranhos aí. Quem souber, favor me explicar. E o look simples — para não dizer pobrinho — de Jane Levy, estrela de Suburgatory, o que eu posso dizer? Acabou de voltar de um passeio no subúrbio, amiga? Só pode, né?

Aí Nina Dobrev, a melhor atriz de drama, ORRON, escolhe um vestido nem feio, nem bonito, só assim, mais ou menos. Só que para melhorar a situação, ela poderia ter dado um jeito no cabelo. Mas parece que não teve tempo, já que só lavou e saiu de casa. E ainda é o mesmo penteado da personagem dela, a Elena de The Vampire Diaries.

E para finalizar, temos Demi Lovato. Quando entrou para cantar seu novo single e ganhar o prêmio de Artista Pop Favorito, não estava feia, mas não estava bonita. Sabe como é? E o cabelo dela, vermelho e frizado assim, ficou, no mínimo, estranho. Só conseguia pensar que estava um pouco demais para uma estrela da Disney, já que ela é Sunny entre as estrelas, a queridinha das crianças, mas sabemos que é assim que as coisas são, mesmo, não é mesmo? Afinal, ela já foi comparada à uma mulher-fruta aqui.

Hoje trabalhamos bastante, não é mesmo? Tanto que a cobertura do modelito das estrelas no Globo de Ouro vai entrar numa coluna extra ainda essa semana. Fiquem ligados!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER