Começou o reality show dos “ex-alguma coisa”

A-Fazenda-6 britto jr_2013

Chegou aquela época boa do ano em que Record e Globo vão brigar pela audiência do final do horário nobre! Enquanto a emissora carioca vai exibir o remake de Saramandaia (que eu, particularmente, estou ansiosa para assistir), o canal paulistano chega com a sexta edição do seu reality show mais bem sucedido. Sim, e é com a empolgação do tamanho do carisma do Britto Jr que anunciamos mais um ciclo de A Fazenda!

É só ouvir os primeiros acordes de Stayin’ Alive (há-há-háááá!), que a gente já se prepara pro babado, confusão e gritaria. E o próprio apresentador, em uma das suas 12.576 falas no programa de estreia, já resumiu o que a Record espera do seu novo elenco. Em um momento despretensioso, Britto dispara com a maior naturalidade: “esperamos que vocês não se deem bem”. É isso mesmo, quem quer histórias edificantes de amizade, mude para o Cartoon Network e assista A Hora da Aventura (muito amor pelo Jack, aliás).

Ao desembarcar em Itu, no interior de SP, 16 “celebridades” transformam-se em fazendeiros. Alguns interpretarão este papel por até 3 meses. O elenco de 2013, heterogêneo, repete fórmulas anteriores que deram certo: tem mulheres que todo mundo já viu em alguma Sexy ou Playboy, tem alguém que veio do futebol, tem músico, tem uns que são tão sub-celebridades que a gente nunca nem ouviu falar, tem algum apresentador ou apresentadora que não apresenta mais nada há um tempo, tem os que ganham notinha do Ego toda hora por serem simplesmente… “personalidade da mídia”. Até a Dança dos Famosos do Faustão reúne nomes mais relevantes!

E pela nossa tela, começa o desfile de uma porção de ex-alguma coisa. Duvida? Acompanhe comigo o currículo de alguns peões: Scheila Carvalho, EX-Morena do Tchan. Rita Cadilac, EX-chacrete. Yudi, EX-Bom Dia e Cia. Ivo Meirelles, EX-presidente da Mangueira. Andressa, EX-casinho do Cristiano Ronaldo. Denise, EX-assessora parlamentar. Marcos, EX-Teste de Fidelidade. Gominho, EX-companheiro de palco da Galisteu. Paulo Nunes, EX-jogador de futebol. Aryane, EX-panicat. Mateus, EX-marido de ex-panicat “barra” ex-fazendeira.

Fala sério, você nunca pensou que leria tantas vezes EX num mesmo parágrafo, não é mesmo?

Acontece que esse lado “trash-sub-celebridade” é o maior trunfo dA Fazenda! Ao contrário de outros realities, que começam com anônimos, o fato da Record escalar (semi) famosos ajuda a engatar a audiência. A princípio, você já gosta de um ou de outro, já desgosta de um monte. Entre os participantes, já há amizades e inimizades. A Fazenda começa com uma dinâmica que outros realities podem demorar a conquistar. E quem disse que essas personalidades descoladas da mídia têm medo da opinião pública? Aqui ninguém tem receio de sair manchado de um barraco — aliás, adorei Andressa falando, de cara, que é barraqueira mesmo, com gosto! Logo no primeiro dia, Bárbara Evans e o Furacão da CPI já se estranharam e rolou até choro.

Alfinetadas, veneno, ego (muito, muito ego): é disso que é feita A Fazenda.

Os peões sabem que estão disputando não apenas a preferência do público, mas também o espaço nas edições do programa. Então quem fala, quem fofoca, quem chora, quem critica, quem dá bafão, quem compra briga alheia sempre ganha um destaquezinho — e isso vale mais que 2 milhões, para muitos deles.

Embora não seja meu reality preferido, uma coisa que gosto em A Fazenda é que todas as edições parecem uma só, pois tudo está conectado — não se espante se Théo Werneck der o ar da graça em algum momento. No caso desta sexta edição, a conexão está em Bárbara Evans, filha de uma vice-campeã, e em Márcio Duarte, irmão gêmeo de um ex-participante. Tudo em casa, tudo em família.

a fazenda 6

O ponto fraco e a surpresa de A Fazenda

Que A Fazenda bebe da fonte do Big Brother Brasil, não é novidade para ninguém. Mas se você acha que Boninho é manipulador, saiba que Rodrigo Carelli, diretor do reality da Record, é a manipulação em pessoa! E essa sempre foi a falha de A Fazenda: falta transparência ao programa. As informações são entregues ao público aos poucos, o que é BEM irritante. As regras se alteram descaradamente para privilegiar o participante que esteja rendendo mais barulho na mídia. Já a começar pela própria entrada dos peões no confinamento, que acontece mais de 24 horas antes do primeiro programa ao vivo. Em muitos casos, a mídia já está noticiando algum babado, que o programa mostra muito tempo depois, depois de anúncios exaustivos e repetitivos do Britto Jr, de que “algo bombástico” está para acontecer.

Essa falta de transparência foi o fato mais criticado da quinta edição, com a tal Arca. A cada semana, um participante, ganhador de alguma prova, tinha o direito de abrir a tal da Arca e ganhar alguma vantagem no jogo. Só que o público só ficava sabendo qual era essa vantagem depois de escolhido o seu ganhador. E daí, milagrosamente, a vantagem “casava” perfeitamente com as necessidades de jogo daquele peão em específico. Isso na minha terra tem um nome: MARMELADA!

Embora as marmeladas tenham ajudado a construir uma história relativamente boa na edição passada, elas acabaram sendo desnecessárias, já que a vitória de Viviane Araújo era prevista desde o primeiro dia.

Para esta sexta edição, corrigiram esse problema, com uma surpresa bem empolgante. A Arca se transformou em Super Poder da Chave. Esta super-chave levará a algum baú ou caixa ou arca, mas o prêmio já foi anunciado antes. Quer dizer, seja lá quem quer que ganhe o direito de usar a super-chave, a vantagem de jogo será a mesma. E que vantagem, hein? A Fazenda ousou e colocou o melhor prêmio que algum participante de reality show poderia desejar: o peão estará automaticamente na final do programa.

Isso mesmo, caro leitor, você leu certo. Já na primeira semana, A Fazenda anunciará ao público o seu primeiro finalista. É uma imunidade por toda a vida!

Embora possa parecer uma decisão absurda, vejo com muito bons olhos essa dádiva. O peão continuará a participar da dinâmica do jogo, tendo que batalhar por seu grupo, tendo que se expôr em votações e ainda assim estará diante da opinião pública. Chegará ao final sem passar por nenhuma roça, sem testar sua popularidade. Máscaras podem cair, alianças podem ser diferentes nessa dinâmica.

E a certeza de estar garantido na final pode ser transformadora. Aí sim deu vontade de assistir ao programa. Apesar do Britto Jr, que já prometeu que fará aparições em todos os episódios.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER