Copa Hotel 1×01 — Chegada

Tô me sentindo um turista. Sério. Tipo um alienígena.”

Muito era esperado da nova série do GNT, canal que no ano passado nos trouxe a espetacular Sessão de Terapia e que esse ano investiu pesado nas produções de seriados nacionais. Copa Hotel foi a primeira a estrear e não decepcionou! Abriu com chave de ouro.

É interessantíssimo ver o jeito inglês leve e fácil que Miguel Thiré interpreta Fred. Gestos e reações da Terra da Rainha acompanhados de todo o carioquismo do pensamento. E tudo isso no bairro mais famoso e mais prestigiado do Brasil: Copacabana. Mas com cheiro de ar novo, com gosto de lugar a ser desbravado e ares de desafio! Dê uma pausa e respire!

Que texto maravilhoso! Amar João Paulo Cuenca é inevitável e com toda essa dinamicidade dos diálogos e a inteligência de ganchos, agora tornou-se obrigatório. A direção de Mauro Lima é complexa, nos deixa próximos do momento e é bastante honesta com cada ocorrido. Às vezes lembra a câmera na mão do cinema independente, com os tremeliques e tudo. Pode parecer estranho a primeira vista, mas nós iremos nos acostumar. Fotografia e locações gloriosas! E tudo isso regado com uma trilha sonora espetacular.

A construção do personagem principal é nostálgica e futurista ao mesmo tempo, que se desdobra em termos americanos abrasileirados, é fundamental para dar o tom da série e com certeza para entender como será o desenrolar das atitudes e o caráter de Fred ao longo dos episódios, especialmente ao lidar com todos os interesses nada amigáveis que aos poucos estão desabrochando nos outros familiares.

Copa Hotel Maria Ribeiro GNT

Fiquei de boca aberta, apaixonado e obcecado por Maria Ribeiro. Em tão poucos minutos de tela, a saia lhe coube perfeitamente. Nem muita justa, nem muito larga. É preciso admirar! Sua personagem, também Maria, tem tudo para formar com Fred um dos casais mais interessantes do mundo das séries. De humor refinado e timing perfeito, a médica é encantadora em sua aparente falta de jeito e parece estar de coração aberto! Curiosidade para saber onde esses dois vão parar?

A série lembra bastante a americana Californication, mesmo com proposta e intenção diferente. Obviamente que Fred deve buscar refúgio no sexo e nos flertes na maioria dos episódios, até se aconchegar ou com Maria ou com Antônia (que ainda não apareceu) — ou ainda quem sabe outro alguém. O fato dele ter brochado em sua primeira tentativa é uma representação clara da culpa e de toda a falta que sente do seu pai, além de claro, toda a preocupação sobre os rumos que sua vida irá tomar agora. Difícil de saber, por enquanto, se ele se sente no poder da decisão. Mas isso, com certeza, pertence a ele.

Longe de ser meia bomba, Copa Hotel tem tanto a oferecer: o elenco de apoio é espetacular, a começar pelo carregador de malas/pianista, uma entrega brasileiríssima da nossa sociedade, um olhar aprofundado da verdadeira realidade da cidade e muitas histórias de co-relação e organização sentimental.

Para semana que vem, é hora do Miguel informar ao oportunista meio-irmão e ao todo resto da família a decisão de tomar as rédeas do hotel, reencontrar a médica que ao contrário das outras, fez para o coração dele parar (o meu também) e começar a dar passos de bebê para aprender a fazer o que o seu pai fazia de melhor! Já vi que vou ficar viciado!

PS: O site da série no portal do GNT pretende manter atualizado um diário do personagem Fred. Vale a pena acompanhar: http://gnt.globo.com/copahotel/noticias/Diario-do-Fred–chegada-ao-Rio.shtml

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Teorias de conspiração na Disney??? Nem tudo é verdade.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER