Curiosidades sangrentas de Spartacus

Lançada em janeiro de 2010 pelo Starz (canal de TV a cabo americano), Spartacus é uma das séries históricas mais comentadas dos últimos anos. Tanto pela morte precoce de seu protagonista, quanto pela qualidade do roteiro, bastante surpreendente. Vamos saber algumas Curiosidades sobre Blood and Sand, primeira temporada da saga do gladiador mais famoso de Roma!

# A série é baseada na história de Spartacus, o famoso escravo que se tornou gladiador em Cápua, e liderou a mais célebre revolução da Roma Antiga. Sua história foi narrada em diversos livros, filmes, jogos e foi imortalizada pelo grande cineasta Stanley Kubrick (de Laranja Mecânica e O Iluminado) no filme homônimo de 1960, estrelado por Kirk Douglas e Laurence Olivier.

# Ao contrário do filme de Kubrick, em Spartacus: Blood and Sand o lanista Quintus Batiatus (John Hannah, de A Múmia) é o principal vilão da primeira temporada. O esperado desfecho da season finale é bem diferente do filme, que poupou Batiatus (um lanista gordo e bobo) e não teve muito sangue. Sangue, aliás, é marca registrada da série. Não é a toa que está no subtítulo da temporada, e no lema de Spartacus: “Kill them all!”.

# Produzida por Joshua Donen e Sam Raimi (diretor da trilogia original do Homem Aranha), Spartacus foi filmada na Nova Zelândia, mesmo local em que Raimi trabalhou suas produções anteriores: Hercules: The Legendary Journeys e Xena: A Princesa Guerreira. A estética da série é frequentemente comparada ao filme 300, de Zack Snyder, pelas cenas de batalhas em câmera lenta, o cenário épico digitalizado, e o excesso de sangue (até mesmo em cortes simples, que também lembra o estilo de Quentin Tarantino).

# Ainda comparando Spartacus com Xena e 300, o elenco traz nomes em comum: Lucy Lawless, a manipuladora Lucretia, era a protagonista e guerreira Xena, enquanto o Doctore Oenomaus, de Peter Mensah, participou de 300 na antológica cena do mensageiro enviado pelos persas ao Rei Leônidas. Não lembra? Então clique aqui (“This is Sparta!”).

# Você acha curioso que o nome Spartacus lembre a cidade-Estado grega de Esparta, apesar de não haver uma relação direta? Mas existe uma razão. A própria série explica, no primeiro episódio, que Spartacus foi um poderoso rei de Esparta. Dai o nome que dão para o guerreiro trácio recém capturado e feito gladiador no ludus de Batiatus. Até agora, o nome verdadeiro de Spartacus não foi revelado ao público.

# Com a promessa de trazer sequências de sexo e nudez de formas inéditas na TV, Blood and Sand cumpriu o prometido, em 13 episódios repletos de luxúria, tipicamente romana. Manu Bennett, o Crixus, é o campeão de cenas de sexo, inclusive com nu frontal. Praticamente todas as mulheres de Spartacus dão o ar da graça como vieram ao mundo, incluindo Lawless.

# Andy Whitfield, protagonista de Spartacus: Blood and Sand, foi diagnosticado com Linfoma não-Hodgkin, um tipo de cancro que abrange mais de 20 variações de tumores, todos considerados malignos. Apesar das informações de que o ator já estaria praticamente curado — enquanto a produção ganhava tempo produzindo a minissérie prequel Gods of the Arena — Andy acabaria morrendo em 11 de setembro de 2011. Para a segunda temporada, Vengeance, o ator galês foi substituído por Liam McIntyre.

Em breve, mais Curiosidades sobre Gods of the Arena e Vengeance, aqui no Box de Séries! Deixe seu comentário. Até quarta!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER