Curiosidades sobre a aniversariante da semana: nossa querida São Paulo

Amanhã é aniversário da maior cidade do nosso país. E para comemorar, prometemos alguns posts dedicados à ela durante toda a semana.

Hoje a coluna Curiosidades trará algumas informações que talvez você não conheça sobre esta capital. Números sobre a cidade, informações sobre seus pontos turísticos, seus moradores e bairros.

Quer saber quais são? Então continue lendo.

O Centro Histórico de São Paulo

O Pátio do Colégio, nos moldes atuais, começou a ser contruído em 1954. Quem passeia por ali pode até estranhar que essa cidade gigante tenha nascido a partir desta construção, não é mesmo? Fazendo as contas, o colégio foi fundado há mais de quatro séculos pelos padres jesuítas para catequizar os índios da região. Mas a data de sua fundação foi escolhida e acabou sendo o dia 25 de janeiro para homenagear o dia em que o apóstolo Paulo foi convertido. Na verdade São Paulo já era habitada antes disso. Mas o fato é que o povoado de São Paulo de Piratininga recebeu seu nome graças a essa construção.

Um dos pontos turísticos da cidade, A catedral da Sé, é mais novo do que se imagina. Ela só começou a ser construída em 1913, tendo sido inaugurada em 1954 e concluída em 1970. Só que até então não existiam as duas torres. Elas só foram finalizadas em 2004. Apesar de sua arquitetura gótica, que pode enganar a idade, a construção é bem recente, né? Até 1954 a Igreja de Santa Efigênia era a catedral da cidade.

Os números da cidade

A população, que até 1876 não passava de 30 mil habitantes, hoje conta mais de 11 milhões de moradores, de acordo com o último censo de 2010. Isso faz de São Paulo a maior cidade da América Latina e a sexta maior metrópole mundial, com a maior rede de iluminação pública do mundo e cerca de um quarto de todos os automóveis do Brasil, o que representa cerca de seis milhões de carros nas ruas.

Apesar disso, a famosa CET, que cuida do trânsito da cidade, só passou a existir em 1976. Foi por volta desta época (alguns anos antes, em 1809) que a cidade passou a ter nomes oficiais para suas ruas. Já as numerações oficiais foram acordadas apenas em 1846. Já a Luz elétrica só chegou em 1891.

São Paulo e o Metrô

Em 1929 surgia o primeiro projeto de metrô para a cidade, do prefeito Pires do Rio.

A estação de metrô com maior número de entradas/dia é a Barra Funda, com 148 mil em média. O sistema de metrô de São Paulo é considerado um dos melhores do mundo e é mais organizado e bonito do que sistemas mais antigos, como o de Nova York. São mais de 3 milhões de passageiros transportados por dia, por isso, se você visita a cidade, uma dica preciosa é evitar os horários de pico — é praticamente impossível se mexer com tanta gente em volta.

Você já reparou que a estação de metrô Consolação (linha verde) fique na Av. Paulista, e que a estação de metrô Paulista (linha amarela) fica na Rua da Consolação? Meio confuso, né? Mais confuso ainda seria se a coordenação do Metropolitano de São Paulo decidisse trocar o nome das estações, afinal a estação Consolação é um dos pontos de encontro mais movimentados da cidade. Sempre que você passar por lá, vai perceber que alguém está esperando outra pessoa. Pode reparar.

O Bixiga e a gastronomia paulista

Você sabia que o Bairro do Bixiga, um dos mais tradicionais da cidade, tem esse nome por conta da varíola? O primeiro registro de ocupação da área é de 1559, quando o Português Antônio Pinto instalou seu Sítio do Capão por ali. Em 1820, Antônio Bexiga comprou as terras. Mas Bexiga não era seu nome, e sim um apelido. Isso porque o homem tinha muitas cicatrizes de varíola e, na época, essas cicatrizes eram chamadas de bexiga.

Assim, a região passou a se chamar Chácara do Bexiga, e depois apenas Bixiga. Aí vieram os italianos, as cantinas e pizzarias. Aliás, hoje são mais de 6 mil pizzarias na cidade, produzindo cerca de 720 pizzas por minuto. As pizzas de São Paulo possuem uma fama mundial! O restaurante mais antigo da cidade também está no Bixiga, é a cantina Capuano, aberta em 1907.

São Paulo e os eventos

Além de ser a maior cidade do país, São Paulo é a 12ª cidade no mundo que mais realiza eventos. A média é de um evento a cada seis minutos, totalizando 90 mil por ano. Só o estádio do Pacaembu já chegou a receber mais de 70.000 pessoas num único evento. Hoje sua capacidade oficial é de 37.415 lugares e é lá que se localiza o museu de uma das maiores paixões nacionais, o futebol.

A Copa Mundial de Futebol e as Olimpíados do Rio de Janeiro (mesmo sendo no Rio de Janeiro) prometem fazer a cidade ferver, afinal por mais turístico que o Rio de Janeiro pareça, São Paulo é a cidade mais visitada por estrangeiros no país, tanto por turismo quanto por negócios.

São Paulo e as compras

A cidade é lar de ricos, famosos e consumistas. Cerca de 60% dos milionários brasileiros moram na cidade. São mais de 30 mil pessoas cheias da grana e com muita oportunidade de gastar, afinal o que não falta na cidade é comércio, dos mais variados tipos.

São Paulo possui mais de 240 mil estabelecimentos comerciais, 12.500 restaurantes e 50 shoppings. O primeiro Shopping da cidade foi inaugurado em 1966, e não foi o Shopping Center Norte, como muitos acreditam. Na verdade foi o Shopping Iguatemi.

E para a mulherada que curte uma sacolagem, um bairro que pode interessar especialmente a elas: o Bom Retiro. É lá que se produz metade de todos os artigos de moda brasileiros. São mais de mil lojas no local, muitas delas concentradas na Rua José Paulino.

Além disso, o comércio de São Paulo (e dessa região, junto com o bairro do Brás) é sustentado por comerciantes de todas as regiões do país. Eles se acomodam nos mais 400 hotéis na cidade, de todas as classificações, preços, localizações e com os mais variados serviços e estruturas. Alguns nem em hotéis se hospedam, pois fazem viagens de bate e volta, dormindo no próprio ônibus da viagem.

A cultura “cosmopaulista”

São Paulo é também uma das maiores misturas culturais do país. A capital possui as maiores comunidades japonesas, portuguesas, espanholas e libanesas fora desses países. É a terceira maior comunidade italiana no mundo e a maior comunidade japonesa fora do Japão. Os turistas podem conhecer mais sobre essa última no bairro Liberdade.

Com gente de tantos países, o que não falta é opção cultural variada. São Paulo possui nada mais, nada menos, do que 160 teatros, 110 museus, 39 centros culturais e sete casas de shows. É possível faltar o que fazer? Se você procura um passeio diferente, e bem nostálgico, vá ao Memorial do Imigrante. Lá os turistas podem fazer um passeio de maria-fumaça pela Mooca e Brás e conhecer um pouco da vida de seus ancestrais imigrantes.

Fonte: Mala Pronta e outros sites

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER