Dawson’s Creek: adolescentes ou adultos?

Dawson’s Creek é uma série de 1998 que carrega fãs inabaláveis até os dias de hoje. Foi um tremendo sucesso, de crítica e público. Bandas e cantores dariam de tudo para ser tema de uma das cenas de Pacey, Joey, Dawson, Jack, Andie ou Jen. Revelou ícones do cinema e se tornou referência por ser uma série adolescente diferente de tudo já mostrado.

Eu diria que é uma série adulta sobre adolescentes. Mas muitos preferem dizer que é uma série adolescente com adultos.

Autobiográfico

O criador da série é Kevin Williamson, todo mundo sabe. Ele sempre deixou claro que algumas das passagens do seriado eram autobiográficas, sem dizer exatamente quem ele seria na trama (talvez os seis?!). Também não disse exatamente quais cenas eram, o que deixava o público super curioso. Talvez o fato de levar sua vida para o roteiro do drama tornava a coisa tão real e intensa. Compare as histórias de Dawson’s Creek com a de qualquer seriado adolescente e você terá algo mais sensível e tocante.

Adolescentes que Pensam

Os diálogos de Dawson com Joey, sua antagonista, tinham um peso a mais. Além dos já costumeiros forros de cultura pop que temos nas séries do tipo, os dois conversavam sobre passagens e problemas naturais dos adolescentes de verdade. Primeira vez, masturbação, homossexualidade, aceitação dos pais. Estes são temas que passavam apagados naquela época. Era raro um personagem adulto assumir ser gay, imagina um adolescente!

Interação na Web

Quando Dawson’s Creek surgiu, a internet despontava como um dos meios de comunicação mais absolutos para discussão entre fãs. Os fóruns se popularizavam e muitos se reuniam para conversar sobre os gostos em comum. A produção de Dawson’s Creek foi uma das primeiras a sacar o potencial da rede e se jogou num campo ainda pouco conhecido, o da convergência de mídias.

Criaram um site para a série e nele colocaram um diário do protagonista, que trazia dicas sobre tudo o que estava rolando no intervalo entre um episódio e outro. Nem preciso dizer que os fãs da série ficavam loucos tentando descobrir o que estava acontecendo, certo?

Muito dramática

Apesar do diálogo muito bem escrito, do tom sensato e adulto da série, que era adolescente, algumas coisas eram simplesmente dramáticas demais.

Acompanhar a separação dos pais de Dawson teve lá sua importância. Bacana para que os jovens adolescentes da época tivessem uma referência sobre algo que poderia estar acontecendo em suas vidas. Mas a coisa foi tomando tanto tempo e enchendo tanto o saco que se tornou um dos motes mais desgastados do programa. Isso para citar apenas um exemplo. Dawson era intenso. Joey era intensa. Jen era intensa… Pacey não tava nem aí para nada, graças a Deus. Mas os três primeiros davam conta de DRs intermináveis e um tanto aborrecentes, às vezes.

Protagonista Brochante

A série podia até levar o seu nome, mas quem realmente chamava a atenção de todos era o jovem Pacey. O protagonista Dawson estava muito preocupado com coisas que adolescente algum dá a mínina. Ultrapassava o nível de nerdice e dedicação aos estudos e também aos problemas da vida.

Nessas, Pacey (o escape do programa) acabou saindo na frente. Sua tensão com Joey floresceu e rendeu momentos agradáveis. Quem já viu a série pode até ter ficado chocado com seu final. Mas acho que foi o mais acertado possível.

A mudança de vinhetas

Quem assiste Dawson’s Creek e não canta ‘I Don’t Wan Waiiiiitttttt, For Our Lives To Be Ooooveeeeer’, da Paula Cole….? É uma das marcas da série. Mas o WB teve a pachorra de trocar este hino após algumas temporadas por Run Like Mad, da Jann Arden (que também é ótima, mas né??).

No DVD, a mudança ocorre na terceira temporada, porém há uma diferença entre eles e o que foi exibido originalmente nos Estados Unidos. Ainda assim o tema de Cole será sempre lembrado como a canção de Capeside, onde se passa a história.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

VIDEOCAST

Drag Race! Confira a ordem de eliminação das queens da décima temporada.

O Mecanismo: Listamos que personagem representa uma personalidade na vida real na operação Lava Jato.

Precisamos falar sobre Credence, um dos personagens mais profundos que já foram criados por JK Rowling.