Deitando na cama com Masters Of Sex

Masters of Sex THUMB

Nessa fall season, a surpresa veio por parte da Showtime. A emissora da TV fechada americana lançou Masters Of Sex, série que logo fez sucesso. E não para menos, também deitou na cama. O show segue a vida de William H. Masters e Virginia E. Johnson — ele ginecologista e ela psicóloga — dois pioneiros na pesquisa sobre a natureza da relação sexual.

A parceria, que durou entre os anos de 1957 e 1990, começou quando Virginia foi trabalhar de assistente no consultório de William. Tudo começou no Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Universidade de Washignton, em Saint Louis, e na década de 60 seguiu para uma instituição sem fins lucrativos chamada Reproductive Biology Research Foundation, que no final da década de 70 recebeu o nome de Masters e Johnson.

No inicio da pesquisa, entre 57 e 65, Masters e Johnson testaram cerca de 382 mulheres e 312 homens, e se especificou na natureza da excitação sexual feminina, trazendo para discussão temas como o orgasmo, que antes era negligenciada, principalmente, pelas questões sociais, e pela difusão da prostituição.

Estudos anteriores — comandados principalmente por Alfred Kinsey — trataram do comportamento social do sexo. William Masters foi além, enxergando os lados psicológico e fisiológico do comportamento sexual, através da masturbação e do próprio ato sexual em si.

A priori, foram recrutadas prostitutas, um grupo que, segundo Master, sabem sobre sexo e se prontificaram a participar das pesquisas. Ao todo, 145 moças participaram do primeiro tomo de estudos. Uma segunda etapa foi realizada com homens e mulheres de nível superior, brancos e casados. Foram registrados momentos dos órgãos sexuais durante a excitação.

Os estudos de Masters e Johnson se somam a uma gama de acontecimentos que movimentaram os anos de 60 a 70: a revolução sexual. Além da ampliação das pesquisas relacionados à fisiologia sexual, esse período também representou uma menor rejeição de casos extraconjugais, do homossexualismo, da contracepção e da nudez. O fenômeno ajudou a desmitificar alguns temas acerca do sexo e do corpo, e ajudou a população a deixar o corpo respirar fora do armário.

133212431_Johnson1_435383c

A dupla também trouxe a tona estudos sobre a vida sexual dos adultos mais velhos, para mostrar que não o prazer sexual não tem data de validade. Nossos protagonistas de Masters Of Sex mostraram que as pessoas além dos setenta também são capazes de chegar ao orgasmo.

E os seus estudos não se reservaram à casais heterossexuais. Parceiros homoafetivos, tanto do sexo masculino, quanto do sexo feminino, também participaram dos estudos no Masters and Johnson Institute.

De fato, os desdobramentos das analises de William e Virginia não foram apenas constatações curiosas. Os resultados ajudaram no tratamento de disfunções sexuais como a ejaculação precoce e a frigidez feminina, que, antes dos estudos, duraram anos para serem tratados e com uma pequena taxa de sucesso. Foi elaborado uma terapia de duas semanas de duração, o qual a margem de cura passou para 80%.

O doutor e a secretaria também fizeram parte dos estudos, o que os levou ao altar em 1969, quando Virginia foi pedida em casamento por um empresário e Masters, com receio de que a parceria acabasse, se juntou à moça. O casamento durou até 1992, quando William voltou a se interessar por sua primeira namorada, e então Virginia, com raiva, destruiu todos os documentos relacionados às pesquisas dos dois. Ele morreu em 2001, e ela em julho deste ano.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER