Demolidor da Marvel 2×08 — Guilty as Sin

Guilty as Sin é um daqueles episódios que mostram ao telespectador o porquê Demolidor da Marvel é muito mais que uma série de herói.

Acredite ou não o fato é que a cidade que você prometeu proteger é o ponto central de uma guerra que nem sabe que está acontecendo. Aquele buraco é apenas o começo. Então você pode matar, morrer, ou não fazer nada e assistir Hell’s Kitchen queimar, mas essa guerra é maior que você, eu, ou qualquer dos nossos problemas.” STICK

Bem vindo de volta Stick. Apesar de terem renegado a ajuda do velho mestre, a participação dele em Guilty as Sin, trouxe uma boa quantidade de respostas para perguntas que vem se acumulando desde a entrada de Elektra na trama, em Penny and Dime. Mais ainda, algumas respostas sobre a organização The Hand, finalmente identificada na série por seu nome e seus objetivos.

Então vamos analisar primeiramente este ponto da trama. Stick contou um pouco da história de como surgiu a organização The Hand e como ela opera, mas quais as semelhanças com as HQ’s? Referente à origem os ninjas da organização conseguem trazer pessoas de volta a vida, logo a referência feita por Stick de que eles descobriram como alcançar a vida eterna é válida, mesmo que não tenha sido explicada dessa forma.

O que ficou de fora, é que a organização se cooptou com uma liga anciã de ninjas chamada Snakeroot e eles servem um demônio primordial chamado The Beast. Pode ser que uma releitura desse líder apareça na série, tivemos algumas dicas sobre isso no trailer final, mas ainda é cedo para dizer. É mais provável que, assim como a história do clã foi contada, a origem desse líder e seus atributos sejam mais simplificados e trazidos para mais perto do ambiente da série.

A história dos inimigos que impediram que The Hand já tivesse dominado o mundo até hoje, os grupo chamado The Chaste, também foi um tanto alterada, com relação a sua origem de 1982, em Daredevil #187, mas com a mesma função. Stick no entanto é tratado como o atual líder da organização, que recebe Elektra trazendo-a de volta a vida após seu confronto mortal com o Mercenário.

Sobre como a assassina grega se aliou ao grupo de Stick ainda não foi revelado, a não ser o fato de que ela é, e sempre foi uma assassina. Então ainda há tempo de tratar a origem da personagem dessa forma, tirando o fato de que ela foi morta enquanto trabalhava para o rei do crime, no caso nosso Wilson Fisk.

Ele ainda citou o lugar chamado The Wall, de acordo com os arquivos da Marvel, esse lugar é remoto e a “parede” citada é o único meio de acesso, que também serve como desafio, apenas os merecedores conseguem escalá-la e chegar ao retiro dos membros da The Chaste.

As cenas de luta que abriram e encerraram o episódio mostraram as habilidades dos novos inimigos. Todos se parecem com cópias de Nobu, o grande problema disso é que todos nos lembramos exatamente do que o super ninja era capaz.

Rumores, que logo mais poderão ser comprovados, de que Nobu está de volta. Ele teria sido ressuscitado por sua organização e no trailer final da série nós vimos um personagem usando uma arma igual a dele. Se você não reparou, pode contar com mais uma cena aonde o Demolidor vai se dar muito mal antes de vencer.

No entanto nem só de histórias, revelações e lutas com espadas e shurikens foi feito Guilty as Sin. Inclusive o nome do episódio tem mais ligação com o que aconteceu sob a luz do dia, dentro do tribunal que abrigava o julgamento de Frank Castle.

Entre as reviravoltas, o mais impressionante mesmo foi ver Frank se voltar contra o time Nelson e Murdock, mais precisamente contra Karen, para se aliar a ninguém menos que Wilson Fisk. Os fãs do rei do crime já clamavam pela volta do personagem de Vincent D’Onofrio e muitos forninhos caíram com encontro entre os dois titãs da série. Que atire a primeira pedra quem já encontrou substitutos para o Wilson Fisk e Frank Castle no futuro. Impossível.

Ainda sob a luz do dia, se as coisas não estavam boas para Matt e seus relacionamentos com Foggy e Karen, agora fica difícil dizer se a recuperação do trio vai chegar antes do fim da temporada, apesar de ainda termos alguns episódios para chegar lá, o desenrolar dos acontecimentos pode deixar um Matt solitário pra o início do terceiro ano (que será confirmado obviamente, ou pelo menos nós torcemos vigorosamente por isso desde já).

Por fim, o que parecia ser o renascimento do relacionamento entre Matt e Elektra, não parece que vai funcionar. No fim do episódio a moça mostrou suas verdadeiras raízes e nós sabemos que nosso herói não vai gostar muito disso.

Antes de passar para o próximo não esqueça de comentar Guilty as Sin com a gente e dar uma nota para o oitavo episódio no nosso placar. Depois pode voltar para sua maratona, nós também vamos fazer isso.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER