Dexter 7×02 — Sunshine and Frosty Swirl

Preciso apagar incêndios. Não criar outros.” — Dexter Morgan

Com um ritmo mais lento que o episódio anterior, mas com a mesma intensidade dramática e até mais interessante. Se alguém tinha alguma dúvida se essa temporada traria de novo o vigor da série pode ficar tranqüilo. A descoberta por Debbie que Dexter é um serial killer é o grande responsável por esse novo gás. E todas as demais tramas irão girar e serão finalizadas a partir do modo que Dexter irá lidar com a descoberta de Debbie e seus meios de ajudar o irmão.

Está sendo tão prazeroso acompanhar a postura de Debbie neste início de temporada. É fato que a personagem só cresceu no decorrer da série e está no seu melhor momento. E tenho fé que ela perceba que todo esse amor por Dexter, nada mais é do que o amor fraternal de irmãos. E esse amor, essa admiração por ele, fez com que Tenente tome para si as rédeas da situação.

Só de uma cabeça maluca como a de Debbie poderia surgir a ideia de inserir Dexter em um rehab. A “Rehab da Debbie”. Pode soar engraçado e impossível esse plano. Mas é o sentimento de irmão falando mais alto. Ela é uma tenente e sabe muito bem como é um perfil e a mente de um serial killer, mas neste momento ela ignora toda a sua experiência e se torna a irmã querendo proteger o irmão. E isso é comprovado com as duas primeiras regras do novo código: 1) seja sincero comigo. 2) quando sentir necessidade de matar ligue para mim. Gente, quer coisa mais família do que esses pedidos ?

Viajando um pouco fiquei pensando: será que esse código pode dar certo? Se Dexter deixou claro que foi condicionado ao código do seu pai para canalizar o seu desejo de sangue, porque então um novo código não possa surtir efeito? Dexter ficou balançado com o discurso do prisioneiro Wayne Randall e da possibilidade de controlar seu dark passenger. Não que desejo isso, afinal Dexter é o nosso anti-herói. Mas que há essa possibilidade disso não tenho dúvidas.

Eu acredito que você é bom. Até mais que a maioria das pessoas”— Debbie

Bom mesmo é ver Dexter voltando a sua velha forma. O fato de ele concordar com o novo código de Debbie, a princípio não quer dizer que ele quer se libertar do seu dark passenger, é simplesmente uma forma de ganhar a confiança da irmã e ter controle da situação. Não acreditei naquele teatro todo dele ligando para irmã e não matando Louis. Ele simplesmente ainda não matou o estagiário porque o mesmo ainda não se encaixa no seu verdadeiro código. E o que ele conseguiu com isso? As primeiras cinco estrelinhas com Debbie.

A trama envolvendo a máfia russa começa a ganhar consistência. Mas ainda é apenas uma forma de dar função à dupla Gordo e Magro, Quinn e Batista. Pelas promos do próximo episódio, o cerco em torno do assassinato de Viktor Bastov se fecha para Dexter.

No próximo episódio, a nova blondie girl do Dexter dará as caras! Hannah, personagem da atriz Yvonne Strahovski (a Sarah de Chuck). Hannah será uma detetive infiltrada em um caso e que esconde um passado misterioso. Quem nunca?

Até a próxima semana!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER