Doctor Who 9×13 — The Husbands of River Song [Christmas Special]

Em The Husbands of River Song, Doctor Who traz um divertido episódio pautado na comédia de erros Shakespeariana.

Olá, Docinho!” — WHO, Doctor.

Analisar um episódio especial de Natal em Doctor Who será sempre uma incógnita, pois não sabemos para onde iremos quando se inicia o vídeo. E assim é crescente a expectativa, já que, até que chegue o final do episódio, nunca sabemos se será um episódio bônus, com acontecimentos fechados em si mesmo, como Last Christmas ou se será um episódio com grande impacto na linha narrativa temporal da série, introduzindo uma nova acompanhante ou uma nova regeneração como foi o caso em The Time of the Doctor.

Acontece que The Husbands of the River Song é um pouco de cada.

Escrito pelo produtor Steven Moffat, a narrativa acontece após o episódio The Angels Take Manhattan, na perspectiva temporal de River Song.
Moffat é perspicaz o suficiente (ou será maduro?) pra trazer uma personagem tão icônica e querida pelos fãs sem recorrer a eventos, paradoxos ou reboots mirabolantes, usando apenas um gancho de perspectiva narrativa que ainda não foi mostrado. Fato é que River Song ainda morrerá no episódio Forest Of The Death.

Logo, toda a narrativa é deliciosamente construída como uma peça teatral dividida em três atos.

O primeiro deles, pautado na comicidade de erros — quase -shakespeariana, traz interessantes e graciosos momentos em que River Song não reconhece o Doutor, apesar dos evidentes esforços do Senhor do Tempo, passando pela indignação do mesmo ao visualizar que sua esposa já se casará não uma, mas duas vezes, até a inversão de lugares quando o Doutor faz a vez do companheiro de sua própria mulher, com direito a entrar em sua TARDIS e ter a sua vez de dizer que a mesma é maior por dentro.

Claro que metade desta parte é a dinâmica nas atuações primorosas de Alex Kingston e Peter Capaldi.

O segundo ato, ainda pautado em pequenos atos cômicos e nonsenses a bordo do cruzeiro espacial The Harmony and Redemption, vai gradualmente moldando, com o auxilio da trilha sonora de Murray Gold, os momentos entre os protagonistas, chegando ao reconhecimento do Doutor por River (e a velha dinâmica dos diálogos rápidos ressurge) que chega ao ápice no terceiro e último ato, no momento mais intimista e terno da obra.

A direção de Douglas Mackinnon, veterano no universo de Doctor Who e responsável por episódios como Listen, Flatline e Cold War por exemplo, é extremamente eficiente, tanto no jogo rápido nas montagens de cenas, como ao explorar muito bem os cenários externos, situando espectadores e personagens dentro da mise en scène dramática.

A equipe técnica de arte e efeitos especiais mostra toda a potência do estilo de ficção cientifica no personagem Hydroflax.

Porém nem tudo são flores e é interessante notar que The Husbands of the River Song ignora ou simplesmente anula os acontecimentos no arco da mini websérie Night and the Doctor, composta pelos episódios Bad Night, Good Night, First Night, Last Night e Up All Night em que vemos o Doutor, ainda vivido por Matt Smith, levar River Song até as Torres Cantantes de Dallirium.

The Husbands of River Song é um intrigante episódio que, travestido de conto de fadas, traz uma das mais interessantes relações do Doctor Who, sem perder a carga dramática, os sentimentos ou as tradições judaico-cristãs preservadas nas festas natalinas de amor, esperança e perdão.

Em tempo, eu quero agradecer a toda a equipe do BoxPop e principalmente a você, leitor, que me acompanhou até aqui. De fato o tempo é mais complexo do que eu ou você imaginamos, e tudo chega ao fim. E chegou o meu aqui no site. Chegou minha hora de regenerar, de explorar outros cantos do universo com um novo eu, diferente do de ontem.

Não esqueça de dar sua nota ao episódio e comentar no espaço abaixo o que você achou.

Enfim, é hora de partir antes do ponto final, só espero ser ruivo desta vez…

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER