Downton Abbey 6×06 — Episode Six

Na reta final, Episode Six reafirma seu foco nas relações interpessoais.

Nem todos vivem em uma casa como Downton Abbey. Até Elizabeth Bennet quis ver como era Pemberley”. CRAWLEY, Isobel.

A apenas dois episódios antes do seu final, Downton Abbey traz um episódio em que reafirma seu maior trunfo: As relações humanas.

Com a intenção de arrecadar fundos para o hospital local, Mary e Tom decidem abrir Downton Abbey para visitas pagas. A premissa deste enredo gera um episódio bem focado nas relações interpessoais, acertando em algumas e derrapando em outras.

O roteiro, escrito novamente pelo showrruner Julian Fellowes, além de trazer interessantes interações, traz também um roteiro rico em referências à história da arte inglesa. Isso eleva o texto a um nível de requinte, que apesar de não atrapalhar em nada o decorrer da narrativa, traz um gosto peculiar e verossímil a obra.

Downton Abbey 6x06

Joshua Reynolds e George Romneys são importantes retratistas ingleses do séc. XVIII que marcaram a história da arte por seus retratos realistas da nobreza londrina.

Importante também foi o arquiteto Charles Barry, responsável pela reconstrução do Palácio de Westminster — mais conhecido como A Casa do Parlamento — e também pelo interior do Highclere Castle, o castelo onde Downton Abbey é filmado.

A citação destes nomes não são a toa, visto que são estes requintes de detalhes escondidos nos corredores de Downton e o modo de vida extravagante da nobreza, que fazem com que o evento acabe por se tornar um sucesso, e estreita algumas relações no decorrer.

Dentre elas temos a de Mary e Tom, uma relação que cresce a cada episódio de forma meiga e fraternal. É interessante notar que neste episódio a interação dos interpretes de Lady Mary ( Michelle Dockery) e Tom Branson (Allen Leech) soa orgânica, seja na cena do jantar em Londres ou na cena com os dois conversando ao pé da escada e um chamando o outro de irmão.

De fato, uma grande evolução se recordarmos que Mary não via com bons olhos Tom e sua relação com sua falecida irmã.

Outra interação que merece destaque, em dois diferentes momentos, é o embate entre Mr. Carson e Thomas, em ótimas atuações de Jim Carter e Rob James- Collier , diga-se de passagem.

O primeiro momento é quando Thomas toma conhecimento de que será demitido. E o segundo, quando Mr.Carson não acredita nas palavras de Thomas sobre uma possível relação dele com o Andy.

A direção de Michael Engler é eficiente ao nestes momentos de confronto, seja entre Mr. Carson com Thomas ou Cora com Violet, para citar outro exemplo, deixa de usar uma câmera estática em um tripé e se posiciona com uma câmera na mão.

Repare que a câmera nestas cenas se movimenta junto com a respiração do operador, por mais sútil que seja. Uma ótima estratégia que cria no espectador a ideia de tensão. E que é realçado pela excelente colocação da trilha sonora.

O único deslize cometido neste episódio é o roteiro focar em uma relação de ciúmes entre Daisy e Mrs. Patmore. Ao tomar conhecimento que Mr. Mason tem intenções recíprocas para com a cozinheira, Daisy não esconde seu incômodo.

Se este enredo, por um lado, dá mais visibilidade a Mrs. Patmore, do outro, diminui toda a evolução que Daisy apresentou nos últimos anos, a tornando novamente uma pessoa com ares infantil.

Em tempo, o roteiro consegue nas cenas finais através da comicidade, quando Mary, Edith e Cora servem de guia para os visitantes a Downton, criticar a vida luxuosa da nova monarquia.

De fato, torna-se muito interessante perceber que apesar de morarem tantos anos, os habitantes de Downton Abbey sabem poucas coisas sobre a história de seu lar.

Assim, Downton Abbey traz um episódio um pouco aquém se deu anterior, mas que consegue manter a qualidade, o ritmo e as referências históricas em sua reta final.

E você, leitor, o que achou deste episódio?

Comente no espaço abaixo quais suas expectativas nesta reta final e claro, não esqueça de dar sua nota para o episódio.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER