E a Mischa Barton?

Fui adolescente na época de Dawson’s Creek e não preciso dizer o quanto eu me identificava com a série criada por Kevin Williamson. Eu mesmo acompanhara Barrados no Baile nas manhãs de domingo ou nas tardes de sábado na Rede Globo. Logo, apaixonar-se por The OC era apenas uma questão de tempo.

Acompanhei a todos os episódios religiosamente. Sofri com a morte da Magrissa (como chamávamos carinhosamente a personagem de Mischa Barton) e reconheço que a série deu uma boa caída em suas temporadas finais. Mas, como bom fã, defendo a série e tenho-a reservada em minha memória afetiva.

<3

Mas daí me vem a Mischa Barton e fala que se arrependeu de ter participado do seriado. Como assim? A guria se arrepende de ter feito parte do seriado que mudou a vida dela e a fez ser reconhecida em toda a Via Láctea e na Galáxia de Andrômeda? É ISSO MESMO, PRODUÇÃO?

Perdoa Pai! Ela não sabe o que diz!

Sim, é exatamente isso. A moça diz que se pudesse voltar no tempo não faria o papel. “Eu tinha uma relação especial (sic)com o cinema.” RELAÇÃO ESPECIAL COM O CINEMA? Ok, ela culpa a série por não ter sido uma grande estrela hollywoodiana, conseguindo grandes papéis na sétima arte e interrompendo uma possível ascensão ao primeiro escalão cinematográfico. Até aí tudo bem.

Eu mesmo culpo meu técnico de xadrez do terceiro colegial que me escalou para disputar um torneio interescolar sendo que eu poderia ter entrado no time vôlei da escola. Quem sabe eu não teria tido um grande jogador de vôlei desse meu Brasil varonil?

A vida inteira que podia ter sido e que não foi.

Só que Mischa não tinha uma relação tão especial com o cinema assim. Qual a coisa mais expressiva que ela fez? O sexto sentido? Com aquela participação tão rápida que mal vimos o nome dela nos créditos finais? Se nem Haley Joel Osment, estrela da produção e uma das maiores apostas interpretativas da época, conseguiu se manter em evidência no mundo cão de Hollywood, por que é que uma coadjuvante número 23 conseguiria?

Cuspindo (no caso, vomitando) no prato que comeu.

Mischa devia dar é graças a Deus a tudo o que ela conquistou ao invés de cuspir no prato que comeu. É do conhecimento de todos o quanto era uma atriz complicada à época do seriado. Brigou com praticamente com todo mundo do elenco (Adam Brody DE-TES-TA-VA a menina. Cara, e se o Brody-gente-boa destesta Mischa, é porque ela não era boa bisca). Chegava constantemente atrasada e acabou sendo demitida. Quer dizer.

Se realmente fosse tão boa atriz assim ainda estaria em evidência. Os outros companheiros de elenco mantiveram suas carreiras televisivas. Tate Donovan esteve em Damages, Bilson está em Hart of Dixie, McKenzie se prepara para estrear em Gotham. E Mischa? Mischa cospe no prato que comeu e tenta chamar a atenção para si com declarações bombásticas* ao invés de chamar atenção com trabalho.

*Ela afirmou que tem medo de Johnny Depp e que, se fosse contracenar com ele em alguma cena mais picante, ficaria intimidada.

Mischa pós-decepções

Tudo bem que a fama quando vem de maneira tão meteórica para alguém tão jovem pode ser destruidor, mas não culpe a fama por decisões equivocadas, falta de cabeça, por usar drogas e nem ser internado em instituições psiquiátricas. Tem muita gente aí que também começou jovem e soube manter o foco.

O jeito, Dona Mischa, é a senhora mostrar que pode sim ser uma boa atriz e superar o estigma de Marissa Cooper e de ser uma pessoa difícil de lidar. Caso isso não aconteça, já sabemos onde estava realmente o problema.

Semana que vem a gente fala do final de O Rebu. Beijão, amiguinhos!

P.S. Não estou conseguindo responder aos vossos comentários, mas estou lendo todo mundo e adorando o veneno que vocês estão destilando.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER