E o 2013 na televisão?

socialtv

Chegamos no momento ideal de olhar para trás e ver tudo o que tem acontecido. Retrospectivas por todos os lados, previsões para o próximo ano e essas coisas que adoramos ver. Dizemos que o ano foi rápido demais, mas nas retrospectivas falamos o que? “Nossa, foi nesse ano? Faz tanto tempo!”. O lado bom é que posso dizer que a televisão evoluiu muito em 2013.

Não é segredo que a computação em nuvem cresce diariamente. Mas o que isso tem a ver com a televisão? A nuvem puxa a fila para todas as tecnologias adjacentes, em especial o streaming. Cada vez mais se torna desnecessário baixar filmes e séries, substituindo os downloads pela nuvem.

Os serviços de vídeo on demand estão crescendo muito, não apenas aqui no Brasil, mas no mundo inteiro. Empresas como a Netflix e o Hulu já abriram seu capital e veem suas ações e lucros subindo, enquanto as empresas de TV a cabo estão com medo de perder mais mercado. Sem contar que, com os lucros em alta, aumentam as possibilidades de conteúdo próprio.

No Brasil já estão disponíveis serviços como o HBO Go e o Watch ESPN, que oferecem acesso à programação dos canais em formato on demand, porém somente para assinantes dos respectivos canais. Já é uma luz no fim do túnel. E serviços como Crackle, Calixta, Muu e PhilosTV abrem os caminhos para o formato on demand.

A produção das primeiras séries originais do Netflix foram os grandes destaques do ano, não por causa da qualidade, mas por terem sido indicadas ao Emmy. O reconhecimento das séries como produto televisivo demonstra que a “academia” está antenada com as tendências, mostrando que o formato é mais importante do que os canais de distribuição.

Já a TV aberta nacional ainda tenta se adequar aos novos tempos. Entre erros e acertos, tivemos canais usando as velhas táticas de mudar a grade de programação de uma hora para a outra sem nenhum aviso (não é seu Silvio?) e programas de auditório repercutindo o que acontece nas redes sociais (com semanas de atraso).

Mas teve coisa boa também. O programa Amor & Sexo, com a Fernanda Lima, teve uma temporada muito interessante, deixando de lado o pudor e falando abertamente sobre os temas que dão nome ao programa. Acabou com o pudor ao exibir modelos masculinos e femininos em nu frontal e aproximar o discurso ao dia a dia do brasileiro.

Para 2014 esperamos mais produções originais, nacionais e de qualidade. Apostas inusitadas também cairiam muito bem. Mas isso é assunto para outra coluna.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER