E qual é o do ‘eu já sabia’?

Como eu continuo ácido e com borrachinhas amarelas nos dentes (que no começo pareceu ser uma boa ideia, mas hoje parece que eu chupei uma manga e os fiapos ficaram grudados no aparelho), ia falar mal de The Originals, o spin-off de The Vampire Diaries. Mas aí o Wentworth Miller resolve que é a hora de chutar a porta do guarda-roupa narniano (Fab, um beijo!) e aí a ideia de gongar TVD fica pra semana que vem!

Respeite-me, Xico!

Mas por que gongar Wentworth Miller, Xico?

Fale mais, Xico!

E quem disse que eu vou gongá-lo, queridíssimos. Antes de explicar o porquê da coluna, deixe-me esboçar um resumo do que acontece geralmente com o famoso ‘gaydar’, mecanismo atribuído aos gays para dizer se alguém é ou não da irmandade. É comum escutarmos alguém dizer assim: o meu gaydar apita pra essa pessoa. Se a referida pessoa nunca se revela gay, vão dizer que ela é enrustida. Se ela se assumir, vão dizer: EU JÁ SABIA! Ou seja, não tem saída se cair nas graças (ou maldição) de um suposto ‘gaydar’.

Gaydar

E Wentworth se encaixa nessa. Os rumores sobre sua sexualidade existem há muito tempo e não causou surpresa para muita gente (se bem que seria melhor se ele tivesse se revelado na época em que estava no auge do seriado e da forma física). E agora que o mancebo (nem mais tão mancebo assim. Ele tem 41 ANOS!) decidiu declarar-se ao mundo, o que mais pulula são mensagens de EU JÁ SABIA. O que é uma grande mentira. A não ser quer você já tivesse garfado o Wentworth, o máximo que você poderia é desconfiar da sexualidade dele.

Cê zura que sabia antes do meu out? Seriously?

Mas o que muda na sua vida o fato do Wentworth Miller (vou ficar repetindo toda hora esse nome porque eu acho o máximo) ter chutado a porta do armário? Bem, na sua não vai mudar muita coisa. Contudo, a intenção é fazer a diferença lá na Rússia. Amiguinho, você sabe o que acontece lá na Rússia? Então eu vou te contar.

Os nossos companheiros gays de lá são proibidos de expressarem seus sentimentos. Não é que seja constrangedor ou enfrentem uma pressão social. Não, lá a coisa é proibida por lei. POR LEI. A Madonna, quando passou por São Petersburgo (que fica na Rússia), teve que pagar multa por “apologia” à homossexualidade (acho o máximo esse lance de apologia à homossexualidade. Como se a pessoa fosse ser gay ou não por influência do coleguinha). E é essa Rússia que convidou Wentworth Miller para participar de um festival de filmes. E o astro de Prison Break declinou do convite por não querer estar em um país que não aceita os seus iguais.

Russa

O buzz em volta da notícia não é e nunca foi sobre o fato de ele ser gay (porque, como muitos espertalhões afirmaram, isso todos já sabiam) e sim o momento em que ele diz isso. Tudo bem que Wentworth Miller não é mais do primeiro escalão televisivo e uma notícia como essa seria muito mais bombástica de alguém como o Stephen “Oliver Queen” Amell se assumisse (não que este seja, mas fica a torcida). Porém, é algo bem corajoso e lança ainda mais holofotes sobre a discussão que a sexualidade enfrente no mundo todo.

Stephen-Amell-3-620x344

Para você ter uma ideia, seria como se algum galã da novela das nove da Globo viesse à mídia e falar sobre suas preferências em um momento que o Brasil também vive o drama do debate, na pessoa de um certo político sensacionalista e apoiado por camadas diversas da sociedade. Já pensou o choque que isso causaria nas pessoas perceber que o cara que garfa todas as mocinhas da novela, na verdade, na paz do lar, se diverte com seu coleguinha de elenco? (Ficam as apostas para que isso aconteça em breve).

O Brasil é o maior produtor de armários do mundo, honey!

Não é mais novidades que celebridades saiam do armário. Todavia, se a notícia ainda causa clamor nas redes sociais é porque muita gente ainda não é bem resolvida com a sexualidade alheia. E isso não significa que estamos em 1875! Se um pensamento como esse ocorre em 2013, as coisas não são tão aceitas assim, concorda? E estamos falando de Brasil, um dos países mais preconceituosos que eu conheço, com a diferença que aqui tudo é velado e na base da brincadeira; um país onde se aceitam gays desde que estes não te cantem; um país onde se aceita gays desde que não seja um filho.

Arrasou, Xico!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER