Falling Skies 3×05 — Search and Recovery

Eu não quero ficar sozinho, Ben. Não quero ser abandonado e… morrer, ser enterrado por estranhos.” — Mason, Matt

Depois de uma sequência frenética de episódios mais densos e cheios de acontecimentos, Falling Skies chega na metade com um episódio que foi mais tranquilo e calmo. O bom é que, ao mesmo tempo, não perdeu a chance de reafirmar certas dinâmicas entre os personagens e desenvolver outros.

Pope esteve um pouco apagado até aqui, tendo pouco espaço pra ser o que ele sempre é. Nesse episódio o espectador foi premiado com bastante do personagem, seu passado e até mesmo facetas que jamais era imaginada pra ele. Pope é a antítese de Tom, mas somente até um certo ponto. Agora foi encontrado este ponto. Mesmo provocado ele não conseguiu abandonar Tom para a própria morte, então finalmente é possível ver que existe um certo caráter ali. Quem assistia na primeira temporada encarava o personagem quase como um vilão, assim ele foi apresentado, mas agora ele está bem além disso. Ele é mais de um espírito livre que não aceita a imposição de outros, mas ainda sim uma pessoa de bem, mesmo que só um pouco.

Falling Skies 3x05

Enquanto isso no núcleo de filho abandonado da trama, Matt desta vez encara a solidão. Ele teve de vislumbrar o que é ser abandonado e morrer sozinho. Isso causou bem mais desespero e agonia no garoto do que contemplar a morte de alguém próximo, entendeu e sentiu que isso era algo bem pior da maioria do que pode acontecer nesse mundo. Matt é o personagem que mais tem potência de se tornar algo grande na trama, mesmo que ainda jovem. Tudo vai depender mais é de como ele vai encarar tudo isso que ele está passando nesta temporada.

Por outro lado, Hal sucumbiu ao seu outro ego controlado por Karen. Está distante e frio. Mas é bom não demorar, esse estilo não combina com o personagem e pode causar graves consequências para as relações com outros personagens. Mas, para alegria de quem não está confortável com esta parte da trama, tudo parece que vai ter um ápice no próximo episódio. Ainda mais que Hal seja controlado ou está doido de tudo, ainda não é confortável a ideia que ele seja o traidor e vaza informações. Quem mais ali tem acesso e tem um comportamento estranho? A senhora Peralta. Sinceramente? Ela é uma grande suspeita, principalmente por esse sobrenome (trocadilho).

No mais, o episódio foi bem mais simplório e suave, mais ainda em relação ao restante da temporada. Agora, chegamos ao meio dessa temporada incrível e tudo parece que vai criar agora um ápice pra essa trama. Expectativas altas para uma temporada que só foi ótima até aqui.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER