Family Guy S08E21: Partial Terms of Endearment

Na expectativa do retorno das séries de animação para a fall season, vamos revisitar o último episódio de cada uma delas que retornam no próximo domingo — começando por Family Guy.

Para muitos pode até parecer uma surpresa que a oitava temporada da série tenha um 21º episódio, já que apenas 19 episódios e o especial Something, Something, Something, Dark Side foram ao ar originalmente. Acontece que os executivos da Fox optaram pela não transmissão do episódio nos Estados Unidos devido ao seu conteúdo controverso (aborto), sendo somente liberado para o Reino Unido com transmissão no dia 20 de junho de 2010.

O episódio começa com a reunião da turma de faculdade de Lois (Alex Borstein), na qual ela e Peter acabam por encontrar Naomi, uma antiga colega de quarto com quem Lois admite ter tido algumas “experiências”.

Peter demonstra entusiasmo pelo fato de sua esposa já ter mantido relações com uma outra mulher tão atraente e pensa estar sonhando ao presenciar a amiga confessar a Lois que gostaria de solicitar algo para ela e o marido, mas que aquele não era o lugar apropriado. Agendam então uma visita à casa dos Griffins.

Fantasiando com a proposta de um ménage que Naomi faria, Peter começa os preparativos, mas Naomi chega à casa dos Griffins com seu marido. É justamente desse momento do episódio que surgem as situações mais engraçadas, imaginando agora tratar-se de uma orgia, Peter passa a tentar induzí-los, sem sucesso, às situações de suas fantasias.

Frustrado com a situação, ele decide ser direto e perguntar abertamente se eles teriam uma orgia. Naomi revela então que sua real intenção era de pedir à Lois que fosse barriga de aluguel de seu bebê, uma vez que eles não podiam ter filhos.

Lois decide aceitar, mas Peter é contrário à idéia de ter que aguentar sua mulher passando por uma nova gravidez. Em meio às discussões, uma fatalidade acontece e o tema do aborto surge.

Por incrível que pareça o tema não é abordado com vulgaridade, diria até que assumem um tom de respeito à ambos os lados, tanto daqueles que protegem o direito da mulher ao aborto, quanto aos defensores da vida.

O único ponto fraco do episódio fica para a argumentação da cena em que Peter, convencido pelos Pró-Vida, decide mudar de opinião.

Não vou estragar a experiência para aqueles que desejam assistir ao episódio, então não comentarei o final aqui, mas posso adiantar que ele conta com uma cena maravilhosa em homenagem ao desenho do Papa-Léguas e as fantásticas invenções ACME, além de uma outra cena de metalinguagem consciente e bem-humorada, algo que não esperaria num episódio desse teor.

Deixo a recomendação para que não deixem de assistir ao episódio na preparação para a retorno da série, pois vale muito a pena.

Deixe seu comentário e não esqueça de nos visitar durante a semana para conferir o calendário dos retornos e estréias da fall season.

Something, Something, Something, Dark Side

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!