Fringe 4×17 — Everything In Its Right Place

Depois de um episódio totalmente fora de contexto ao meu ver, Fringe retorna novamente com seus bons episódios, contendo momentos interessantes, ótimos diálogos e uma trama consistente. É isso que eu quero ver caso seja o último ano da série, ver o desenvolvimento dos personagens no meio de toda essa história. E dessa vez, do mesmo jeito que tivemos à algum tempo atrás com a Astrid, o episódio foi totalmente do Agente Lee.

É muito interessante ver os efeitos que um amor não (mais) correspondido causa em alguém. É realmente triste aquela cena em que Olivia devolve o colar que Lee havia dado pra ela quando ela ainda era a Olivia do universo amarelo. Ver a sua tristeza ao perceber que aquela não é mais a mulher que ele amou (mesmo ainda assim tendo sentimentos por ela) é algo cruel para o personagem, que é amado por todos os fãs da série, mas isso se torna lindo quando Lee vai para o lado de lá e encontra a outra Olivia.

Mas antes de falar sobre esse encontro e o que ele pode gerar para os personagens, quero deixar registrado meu super contentamento ao ver Anna Torv atuando as duas Olivias. Sem exagero, é tão impecável sua atuação que nem parece ser a mesma atriz que as interpretam. Mínimos detalhes como na maneira de olhar, sorrir e até falar mostra claramente que as Olivias são diferentes uma da outra. Não só Olivia, mas Lee também. Confesso que fiquei curioso para saber em que momento da vida eles se tornaram pessoas diferentes.

Essa trama dos metamorfos mostrada no episódio certamente servirá como base para sabermos mais sobre os planos de Jones e o que ele pretende fazer criando esses seres. Já tava mais do que na hora da Divisão Fringe ter essa peça em mãos, e creio que agora tudo sobre o maior vilão que a série já viu começará a fazer sentido para todos. Espero algo grandioso vindo por aí…

E pra finalizar quero falar da parte que mais gostei do episódio, os momentos entre nosso Lee e a Olivia de lá. Foi lindo. A química entre os dois foi sensacional, mais do que vejo entre Peter e a nossa Olivia. Ver a felicidade estampada na cara de Lee ao perceber que havia outra Olivia onde ele podia ficar junto com ela foi magnífico e acolhedor. Isso foi o ponto alto do episódio. Ainda mais agora que o Lee do lado de lá morreu, tenho certeza absoluta que nossa Divisão Fringe perderá um integrante. Quero mais é que Lee fique junto mesmo com a Olivia de lá. Eles dois merecem ser feliz.

OBSERVADOR: Você o encontrou nesse episódio? Não? Realmente, ele estava bem escondido dessa vez. Ele pode ser visto do outro lado da rua, pouco antes do cara com a sniper começar a tirar. (clique na imagem para ampliar)

GLYPH-CODE: A palavra dada essa semana foi DREAM, que significa “sonhar”. O que isso quer dizer eu não sei, pois muita teoria pode ser criada com palavras como essa. O que arrisco dizer é que tem a ver com o metamorfo que estará ajudando a Divisão Fringe realizando seu sonho. Alguém arrisca mais alguma coisa?

PS1 — Os efeitos visuais da série estão impecáveis.
PS2 — Ódio eterno do Broyles e da Nina (sempre odiei ela… em todo e qualquer universo)
PS3 — Muito interessante os nomes dos episódios dessa temporada, sempre com um duplo sentido envolvendo a trama central da temporada com a trama do episódio.
PS4 — Gene, sua linda! S2

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER