GA 8×13 — If/Then

“Não precisamos fazer aquilo de eu falar alguma coisa, e você falar outra coisa, e nós duas chorarmos?” — Cristina Yang

Você acredita em destino? Shonda Rhimes acredita, e não bastasse o filler que essa temporada já teve, a showrunner fez um episódio só pra dizer que acredita sim em destino. Ou melhor, fez um episódio só pra trazer Kate Burton e sua Ellis Grey de volta.

O episódio mostra os médicos do SGH em uma realidade alternativa em que Ellis Grey está viva, poderosa e controlando a todos como marionetes. Derek e Addie ainda estão casados e ela está grávida (!), Callie teve três filhos com Owen (!!) e Miranda Bailey está longe de ser a Nazi que conhecemos (!!!). Calma que piora: Meredith está noiva de Karev e Webber deixou Adele por Ellis. É muita informação, né?

A verdade é que a “outra realidade” não é tão ruim quanto parece. Aliás, adianto logo que o episódio não foi ruim de jeito nenhum! Grey’s Anatomy está em uma fase tão boa que, o que poderia ser uma bomba, foi leve, divertido e surpreendentemente satisfatório.

Confesso que, de cara, achei tosco ver Meredith Grey descendo as escadas como uma boa menina, indo encontrar a família na cozinha, como em um comercial de margarina. Mas o que parecia ser perfeito (como os casais Grey/Webber, Shepperd e Owen/Torres), desmorona no decorrer dos quarenta e dois minutos. E é aí que tudo faz sentido. Já volto a falar disso.

Alguns personagens fizeram falta, outros ressurgiram sem motivo algum, como Charles. Sério, tia Shonda? Charles? Shonda trouxe o cara do além só pra ele dizer “Shoot me now!”. Não foi engraçado. Por outro lado, justificaram a ausência de O’Malley, Izzie, Burke e Teddy. George poderia estar em qualquer lugar, vivo! Izzie, bem, talvez não teria conseguido outro emprego assim tão fácil. Burke fugiu de Yang e Teddy ainda estava no Iraque.

Lexie foi uma surpresa incrível. A moça que se identificou como Lucille era uma drogada, destrutiva mas, de alguma forma, sabia que tinha uma irmã no Seattle Death. A moça movimentou o hospital: dava pra notar que havia “algo mais” no jeito que o Avery cuidava dela. Sem contar que Yang e Meredith tentando salvá-la no final foi uma espécie de pontapé inicial pra amizade das duas que estava por vir.

Cristina Yang? BITCH, PLEASE! A moça estava mais arrogante que nunca, não dava chance pra ninguém tentar desenrolar um diálogo e era O TERROR no hospital. Nem Callie, uma atendente, gostava de contrariá-la. Falando na dra. Torres, quem imaginava que ela teria TRÊS FILHOS com o Owen? Pelo menos, ela curtiu a dra. Robbins. 🙂

Sim, no fim, as coisas caminham para como realmente deveriam ser. Mark surge com Lexie nos braços (que simbólico) e reencontra Addie, que conta para Derek que o traiu com o McSteamy. Ah, o Derek tava tão boring que nem de McDreamy ele era chamado. Nessa realidade, ele é o McChato. Já Grey descobriu que Karev é um babaca e Ellis é um fracasso como mãe, mesmo sendo um gênio da medicina.

Mas vem cá, Shonda Rhimes. Qual o seu problema com Miranda Bailey? Não me desceu como a personagem era tímida e tinha medo de tudo. Até de falar! No final das contas, foi despedida. Pode isso?

E o que foi aquele final? A trilha sonora, as falas, tudo ali é nostálgico. É como se tudo o que houve nessa realidade tomasse o curso para a realidade “real”. É como se estivéssemos vendo o piloto da série de novo. É Shonda, as twisted sisters e o McChato mostrando que, não importa a escolhas que façamos, a vida se encarrega de cumprir o destino.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER