GA 9×01 — Going, Going, Gone

Grey’s Anatomy sempre foi sinônimo de drama, mas quando parece que as coisas vão se acalmar… bem, não é exatamente isso que acontece.

Você pode discordar, mas este episódio conseguiu ser ainda mais dramático que Flight. Não teve avião caindo, não teve atirador, mas teve as consequências da queda do avião. Quem sobreviveu? Quem ficou inteiro? Quem deixou Seattle? Going, Going, Gone respondeu todas essas perguntas, apresentou novos personagens e ainda fez uma bela homenagem a um dos personagens mais significativos da série com maestria.

A personalidade de Meredith, agora atendente, é a mudança mais evidente nos primeiros minutos do episódio. Chamada de Medusa (monstro da mitologia grega que transforma em pedra quem olhar diretamente para ela) pelos seus internos, a Dra Grey assumiu o posto de nova Nazi, o que serviu para aliviar o clima melancólico que se estabeleceu pelo hospital.

Nostálgico, não? E quem também ganhou um novo apelido foi a Dra Bailey, agora chamada de booty call (algo como “safadinha”, só pra não baixar o nível da review) pelos corredores do Seattle Grace. Não que o plot tenha alguma relevância.

Shonda Rhimes encontrou uma bela forma para se despedir de Mark Sloan. Em contraste ao personagem nas últimas, tivemos vários flashbacks com um Mark sempre sorridente. Como não se emocionar na cena em que ele confessa que gostaria de passar 60 anos com Lexie Grey?

Outro momento surpreendente foi o monólogo de Avery, já que em momento algum ele deixou de pensar no mentor como uma inspiração. Também não faltou emoção quando Derek e Callie, os melhores amigos de Sloan, estavam em cena. E falando nesses dois, era de se esperar que o Dr Shepherd não estivesse pronto para voltar à sala de cirurgia, só espero que não demora tanto quanto Yang demorou na sétima temporada.

Por mais revoltante que seja perder personagens queridos, convenhamos, que outra saída sensata os roteiristas teriam para o papel de Eric Dane? Comandar o “pelotão da plástica”? Seguindo a lógica, ele não seria nada além de colega do Avery e ficaria triste pelos cantos sofrendo pela morte da amada. Pior, ele se tornaria o equivalente à Miranda Bailey na temporada passada. E se ele permanecesse vivo, que história teria longe do Seattle Grace? Fugir com Addison como a própria Shonda chegou a cogitar? Não faria o menor sentido. De alguma forma, Mark e Lexie estão juntos agora.

O final do episódio reservou um momento, no mínimo, chocante. O roteiro, em momento nenhum, me enganou em relação à Arizona. Seria demais para a Callie perder as duas pessoas que ela mais amava e restaria uma trama irritante de tão melodramático para Karev, pelo menos é o que eu imagino que aconteceria. Mas a essa altura, Shonda Rhimes ainda guarda fôlego para surpresas. Amputar a perna da Dra Robbins foi uma decisão corajosa e, certamente, será uma plataforma de elevar o nível de Jessica Capshaw que, na maioria das vezes, servia de apoio para as histórias dos colegas.

No mais, a nova dinâmica de Grey com Yang em Minnesota é até interessante. Claro que podíamos ter certeza que ambas teriam dificuldade para pisar em um avião novamente. E a decisão de Owen em readmitir April foi um grande acerto. Com novos rostos e a ausência de outros, o retorno de uma pessoa conhecida é conveniente.

Parece que Shonda está acertando a mão outra vez. Você concorda?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER