GA 9×14 — The Face of Change

Grey’s Anatomy já vem mudando seus rumos há algum tempo. A sétima temporada, por exemplo, pode ter desagradado a muitos fãs da série, porém foi um divisor de águas para seus personagens. Meredith adotou uma perspectiva mais otimista, Cristina passou por um doloroso amadurecimento, Webber se tornou o mais sóbrio dos médicos, e a lista continua.

Se em algum momento as mudanças deixaram a série fora do tom, diga-se de passagem, tal momento certamente não é este em qual Grey’s se encontra. Os roteiristas têm trabalhado para dar continuidade às histórias da forma mais natural possível. Tão natural que se tornou previsível. E isso não tira o mérito do programa.

Por mais que a ideia que a Callie teve de comprar o hospital não tenha sido nenhuma surpresa, foi extremamente coerente com a proposta. Bacana foi ver que a Dra. Torres surgiu com a ideia após visitar um dos hospitais comprados pela Pegasus, o que gerou uma ótima dinâmica dela com o Richard. Os dois trabalharam bem juntos se passando por pacientes para descobrir como o novo método funcionaria visto por outros olhos.

O caso da semana serviu como uma brilhante metáfora para o momento que os cirurgiões estão passando. Karev e Avery trabalharam juntos na cirurgia de um transexual que não estava sendo aceito pelo pai da forma que desejava ser, alegando que precisava dessa mudança para sentir-se vivo novamente. Não foi fácil para o pai da garota aceitar que a filha estava mudando de sexo, assim como não está sendo fácil para os cirurgiões aceitar as mudanças que a Dra. Cahill está impondo.

GA 9x14

Outro caso ainda melhor trabalhado foi o da vítima de um atropelamento trazido às pressas ao Seattle Mercy. O legal é que os residentes não tinham permissão para atender o garoto já que a ER estava fechada, mas o trabalho em equipe mostrou o quanto o time é competente, mesmo que as condições não tenham sido as melhores.

Ambos os casos ajudaram a desenvolver a trama de Avery e Karev. Uma disputa sempre cai bem, e desta vez até as internas se envolveram na batalha de egos entre os dois. Só quero deixar claro que, apesar de ter sido divertido de ver, não acho que seja uma boa ideia para Jo e Stephanie continuarem focando suas carreiras desta forma. Se me permitem comparar, Yang, por exemplo, sempre aproveitou o máximo seu envolvimento com o Burke para aprender, e não para servir de puxa saco.

Falando nisso, não vejo futuro para o projeto de casal Avery e Stephanie. Eles estão apenas se divertindo, e agora que Jackson percebeu que April encontrou um novo interesse romântico, ele pode querer reacender a relação dos dois. Vamos acompanhar.

No final das contas, me pergunto se será tão fácil assim para os médicos comprarem o hospital. Como falei nos primeiros parágrafos, é uma solução lógica, porém, como o conselho irá reagir? E não gostei nada de saber que Webber está considerando se aposentar. Espero que esta reviravolta o ajude a mudar de opinião.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Por essa a Ru Paul não esperava. Analisamos os piores looks da Mamma Ru, como bons guest judges.

Visitamos a Casa Warner com o tema Friends e mostramos tudo nesse vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER