Game of Thrones 5×03 — High Sparrow

Novas mudanças no enredo aproximam ainda mais diversos núcleos de Game of Thrones.

Eu digo pra eles que ninguém é especial, e eles acham que eu sou especial por dizer isso” — Alto Pardal

Existem duas coisas pelas quais vemos os personagens de Game of Thrones desesperados para ter: um nome e um título. Em High Sparrow, a busca por uma identidade e as disputas por títulos de nobreza são as linhas que estão costurando a trama e unindo de certa forma esses personagens com objetivos em comum.

Enquanto temos Arya em uma jornada aprendendo a deixar de ser uma Stark (e todos os outros apelidos e nomes que ela já teve no decorrer de sua história) para se tornar uma ninguém, vemos sua irmã voltando a ser uma em busca de vingança e justiça pelos horrores sofridos por sua família. Nessa parte, a série nos traz uma surpresa que pode funcionar muito bem para a série. Originalmente, Sansa não é a escolhida para ser a esposa de Ramsay Bolton, mas essa mudança faz com que os núcleos que envolvem ela, os Boltons e Brienne se aproximem cada vez mais.

Essa manobra no direcionamento faz com que a série se dê mais chances para ser dinâmica ao acrescentar mais personagens em uma mesma linha de história, contrastando com o que acontecia antes na série (e nos livros): personagens espalhados e divididos em duplas. E mesmo que a aglomeração deles tenha o propósito de continuar a enxugar a história de Game of Thrones, livrando-se dos excessos dos livros, ainda sobra tempo para o desenvolvimento dos personagens. Como aconteceu com Brienne e Podrick.

Não só a dupla começa a esboçar uma relação mais próxima de uma amizade, como Brienne também teve a oportunidade, através de um monólogo, de contar parte de sua história — e do apelido que a perseguia. Além disso, é através dela que também nos aprofundamos no que sabemos sobre Renly Baratheon, que mesmo morto ainda pôde ter seu caráter desenvolvido, adicionando novas camadas ao que ele foi enquanto vivo, mostrando que um dos aspectos que passa despercebido pela maioria dos personagens de Game of Thrones é o legado que eles deixam para a posteridade.

E outro personagem cujo legado reflete bastante em Westeros é Ned Stark. Mais especificamente, em John Snow, que desde o começo da temporada trouxe à tona o conflito entre ser oficializado como um Stark — um dos maiores desejos do bastardo -, mas que agora usa as vestes do Senhor Comandante da Patrulha, cujas responsabilidades do título ele terá de arcar. Essas suas duas personas convergem no momento em que ele precisa demonstrar pulso firme na posição para a qual foi eleito. Porém, é perceptível o conflito interno de Jon Snow entre seu lado piedoso e o justo, que o levou a descer sua espada sobre o pescoço de Janos Slynt.

Game of Thrones 5x03 – High Sparrow

Pesos como esse também recaem sobre Cersei que, particularmente neste episódio, teve que aguentar uma quantidade enorme de grosseria vinda de Margaery — a nova rainha -, que ao perguntar para a rival qual seria a forma mais apropriada de referir-se à sogra, reforça tudo aquilo que ela não é mais. E embora a cena tenha sido muito cômica, quanto mais Cersei sofre, mais ela encontra justificativa para suas maldades e articulações. Ainda mais agora que, sem o pai que sempre a subestimou e diminuiu, imagina que o caminho está livre para poder governar os sete reinos através de seu filho. Porém, se há algo que Tywin Lannister deixou como legado para a filha foi a falta de reconhecimento que ela recebe das pessoas ao seu redor.

Mas mesmo as pessoas sem reconhecimento não escapam de um destino tortuoso. Crendo que por estar longe do continente de Westeros, Tyrion achou prudente poder passear por Volantis sem se esforçar muito para se disfarçar, por crer que fazer parte de uma classe rejeitada como é a dos anões não atrairia a atenção das pessoas. Não só ele se viu incapaz de ser o hedonista que sempre foi, mas que mesmo supostamente disfarçado, em um terra onde ele é um ninguém, alguém o encontrou, mostrando que em Game of Thrones os nomes não importam tanto quanto o legado que você deixa por onde passa.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER