“Girls” quer ser seu amigo (a)

Para aumentar — ainda mais — o blá,blá,blá em volta de Girls, a HBO decidiu focar as ações para o lançamento da segunda temporada não no amor do espectador pela série, mas na sua identificação pelos dramas abordados por Lena Dunham. De quotes compartilhados nas redes sociais à Tumblrs mantidos pelo público, é assim que a nova queridinha da TV americana quer ganhar sua ‘amizade’.

No dia da estreia da nova temporada, Girls foi a série mais comentada do domingo (13) à noite gerando um buzz de 83,524 mil tweets. Porém, para chegar nesse posto a HBO investiu nas redes sociais desde as gravações dos episódios. E entre uma postagem em outra, construiu uma base de fãs que compartilham a ideologia da trama e contribuem para a perpetuação dos insights de Hanna.

Seguindo a onda de frases e pensamentos que se multiplicam feito gremlins pelo Facebook. O canal americano criou as hashtags MistakeGIRLSmake e ResolutionsGIRLSbreak, que foram usadas em todas as plataformas gerenciadas pelo canal. As ações eram pautadas na identificação do público com o texto de Dunham. Se em séries como Pretty Little Liars e American Horror Story o ponto de partida é o enigma da história, em Girls é a verossimilhança da vida da protagonista Hanna com a dos espectadores. O que eles querem é que você curta a página ou os siga no Twitter não só porque gosta de trama, mas porque acima de tudo se vê nela.

Todas as ações de Girls eram pautas não nos arcos narrativos da série, mas na identificação do público com a ideologia da trama.

Para Sabrina Calouri responsável pela área de social media e marketing da HBO americana, o importante não só estar ligado nas plataformas mais usadas no momento, mas no comportamento do fã. “Não olhamos somente a linguagem de cada rede social, olhamos no que o público está fazendo. Como ,por exemplo, os famosos GIFs com quotes e cenas da série, vimos que muitos compartilhavam esse tipo de conteúdo. Por isso, criamos uma conta oficial de Girls no Tumblr onde os fãs podem enviar o material e compartilhar. O site é deles, mas gerenciado por nós”, explica.

Cada novo elemento na campanha de marketing da série, é como um quebra-cabeça sendo montado. Se o grande diferencial da trama de Lena Dunham é retratar um público que até então era representado na TV por milionários de Nova Iorque e jovens da Califórnia, todas as postagens e fotos reforçam a ideia da proximidade do espectador com a série, criando assim uma identificação única.

Em seu discurso no Globo de Ouro desse ano, a jovem roteirista resumiu não só a proposta de Girls, mas o sentimento de boa parte do público. “Esse prêmio é para toda mulher que já sentiu que não havia um lugar para ela. Esta série criou um lugar para mim.” E é exatamente esse o objeto da ação de marketing da HBO, dar ao fã um espaço para se expressar e se sentir representado.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Analisamos o feed de Instagram da dona do pop.

A poc de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!