Glee 5×08 — Previously unaired Christmas

Os roteiristas de Glee provavelmente sofrem de algum tipo de transtorno bipolar de escritores, porque só isso explica o passei na montanha russa que a qualidade dos episódios vem fazendo. E depois de duas semanas de queda (vertiginosa), vamos pelo menos encerrar o ano com um episódio muito muito bom.

Acrescentou alguma coisa à trama da série? Não, mas essa não era mesmo a intenção e isso já fava pra ver logo pelo título do episódio. Previously Unaired Christmas começa logo de cara com uma cena maravilhosa, protagonizada por Jane Lynch (como ela mesma, não como Sue, apesar do figurino e da atitude). E é por isso que essa semana não tem frase destacada do episódio ali em cima. Impossível qualquer coisa bater Jane colocando carvão nas meias penduradas na lareira com os nomes de algumas atrizes ganhadoras do Emmy, como Melissa McCarthy e Meryl Streep. E se você não entendeu a referência (como eu) eu explico: segundo a lenda, as crianças que se comportam durante o ano encontram presentes nas meias penduradas na lareira, ou na janela; as que se comportaram mal encontram pedaços de carvão. Ou seje, né? Coisalindadedeus.

Bom, o episódio se propõe a mostrar supostas cenas que foram deixadas de fora do episódio de Natal do ano passado, mostrando um concurso de Árvores de Natal no McKinley e os dias que se seguiram à chegada de Santana a Nova Iorque. Lembra que eu falei que não precisava ter frase destacada porque nada bateria a cena de abertura? Então, essa quase chega perto: ao falar do concurso de árvores para o colégio, Sue lembra que é uma tradição do colégio, que deixou de ser feita nos últimos três anos, destacando bem a importância da tradição natalina. Sabe, como não amar? E Becky sendo Becky e fazendo a árvore mais preguiçosa já feita por alguém com o tema “verde”? E Becky fantasiada de Baby Jesus? E Becky? Ah, sim, e quando Blaine foi começar a cantar pra coroar a empolgação inicial de todo episódio, o resto do coral manda ele ficar quieto. Olha, não sei o que os roteiristas tomaram/fumaram/cheiraram/injetaram, mas continuem assim. Acho que foram os melhores primeiros dez minutos de toda a série.

Glee 5x08

E mesmo com Ohio se destacando, Nova Iorque contrariou a regra de que só uma cidade pode ter bons plots por episódio e também mostrou uma história hilária, em grande parte graças à Santana — não que a empolgação natalina de Kurt e Rachel não tenham sido hilárias — mas, mais ainda, em grandessíssima parte graças à participação de Bryce Johnson, o melhor Papai Noel da história. Sério. Fosse uma série sobre a história de três amigos de Ohio tentando a sorte em Nova Iorque, Glee seria bem mais interessante e ainda conseguiria atingir outras faixas de publico, mesmo que seja um plot completamente batido. A química entre Lea, Chris e Naya é ótima e as personalidades dos três personagens se complementam lindamente. Fica aí mais uma dica pros produtores.

O episódio teve sete performances no total, desconsiderando a tentativa de Blaine de liderar o coral logo no começo do episódio. Unique ganhou meu coração com Love Child, das Supremes, e Mary’s Boy Child/Oh My Lord de Jester Hairston/Boney M., a segunda na companhia de Tina e Miss Palmito. Alex consegue compensar suas falhas de interpretação com ótimas performances, e fica ainda melhor quando não tenta ser uma diva insuportável. Rachel, Kurt e Santana fazem Here Comes Santa Claus para acalmar a multidão que esperava por Papai Noel no shopping e depois vão de The Chipmunk Song (Christmas don’t be late), do Alvin and the Chipmunks, pra gente entender a que ponto chegamos quando um cara absurdamente gostoso numa fantasia está por perto. De resto nada de interessante ou que valesse a pena estar em um CD especial como nos anos anteriores.

Glee agora entra em hiato e só retorna no final de fevereiro, ainda sem ter chegado ao final do ano letivo de 2013. E o episódio das Nationals é só o terceiro depois dessa pausa. Haja paciência.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER