Glee 5×16 — Tested

Você gosta de pensar que você é imune as coisas, oh yeah (…)” ABRAMS, Artie. Letra de Addicted to Love.

E é com essa estrofe de uma das performances desse episódio que eu começo essa review. Ultimamente, Glee tem nomeado os seus episódios e desenvolvido seus personagens, de diferentes maneiras, de acordo com o mesmo. E convenhamos, isso tem funcionado e funcionado muito bem! Com Tested, isso não foi diferente! Artie, Mercedes e Sam e Kurt e Blaine foram testados, tiveram suas provações à mostra nos 43 minutos do episódio. E sim, queridos leitores, Rachel mal apareceu no episódio.

E por falar na Rachel, não vamos falar da interpretação da Lea e sim, da garota de Ohio deixando com que a Lea aparecesse. E pareceu não a Rachel falando da sua primeira vez com o Finn e sim, da Lea falando da sua primeira vez com o Cory, dando conselhos para a Mercedes. E no final ela dizendo que não se sente pronta para outra relação no momento? Tudo pareceu tão verdadeiro que acabei achando que os roteiristas estão deixando de escrever as cenas da Rachel e colocando a Lea no lugar! Outro ponto bastante positivo para o seriado! E por falar em Mercedes…

Samcedes, por mais um episódio, passou por um triz de terminarem mais uma vez. Por mais que os dois estejam dividindo a mesma, Mercedes ainda tem medo de avançar o sinal com o Sam. Motivo? Ela ainda é virgem e quer o parceiro que seja dela pro resto da vida, para se casar e ser feliz com ela. E por mais que ele tenha apenas 19 anos, ele entendeu, mas como todo garoto, quis dar o seu jeitinho e resolveu fazer os exames de DST para ter certeza que não tinha nada e tranquilizar a amada. E por mais que Mercedão tenha gostado de saber, continuou batendo na mesma tecla. E mais uma vez, ele fez-se entender (numa cena linda, cheia de velas). E as perguntas que ficam são: Sam vai realmente aguentar? Mercedes vai demorar para ceder?

Glee 516 tested

E agora, a parte mais importante do episódio: Sabia que entre 4 jovens, segundo uma pesquisa nos EUA, 1 tem alguma DST? E se levarmos esse dado em consideração e pegarmos Artir, Blaine, Kurt e Sam e Artie ser o único que tem clamídia, esse dado é verdadeiro! Esse episódio foi mais para aumentar a atenção dos telespectadores de Glee e alertar alguns outros que, não importa o quão jovem você é, saudável e qualquer coisa parecida, você corre o risco de ser infectado com qualquer doença (principalmente quando você tem 2 namoradas e transa com as duas sem proteção).

Então querido leitores, cuidem-se! Nem todo mundo vai ter a “sorte” (por mais que, de qualquer jeito, seja azar) de ter alguma doença sexualmente transmissível que seja totalmente reversível com um tratamento. Previnam-se! E se isso vier a acontecer, contem para todos os seus parceiros (as) sobre isso e peçam oara que os mesmos façam os exames necessários para que isso não vá adiante. Vamos continuar? Então segue!

Na parte musical, apenas 4 musicas integraram o episódio. Mas vamos começar pelo mais legal: Love Is a Battlefield, da Pat Benatar, interpretada por — não se assustem — Blaine e Kurt! Acho que alguém andou lendo a review do episódio 14 e decidiu dar algo mais emocionante pro casal. A cena foi toda cheia de batalhas, com Blaine querendo provar para um Kurt mais macho e seguro, que ele também pode ser (mesmo descontando tudo isso na comida), com direito até a um clima 300 de Esparta. A coreografia, a fotografia, as interpretações… Tudo estava ótimo! Tomara que Blaine fique um pouco mais confiante e tenha menos cenas assim, com “ataquezinhos” por muito desnecessários. Todos agradecem!

Addicted To Love, do Robert Palmer, foi performada por Artie e suas 3 namoradas, alternando entre uma reprodução muito boa do clipe e umas cenas nas ruas de Nova Iorque. Outra que também ficou boa foi I Want to Know What Love Is, da banda Foreigner, interpretada pela Mercedes. Assim como a versão do musical Rock of Ages, essa entra para a lista dos melhores covers dessa música (não, a da Mariah não conta)! E por fim, Let’s Wait Awhile, da Janet Jackson, por Artie, Mercedes, Sam e Julie, essa última, fazendo umas expressões estranhas durante a cena.

Com toda a certeza, Glee está retomando o caminho já trilhado nos primeiros anos. Roteiro, músicas, interpretações, tudo caminhando perfeitamente bem! A única coisa ruim é que a audiência se mantém baixa, mas ao menos já temos mais uma temporada garantida! Alguém percebeu uma referência a Sex and The City, no episódio? E por falar em “garantido”, fiquem com a promo do episódio 17, Opening Night, com a grande estreia da Rachel na Broadway e a Funny Girl tão esperada!

PS1: Outra coisa garantida, sou eu! Ficarem com a review de Glee até o fim dessa temporada (até segunda ordem). Então, teremos mais 4 episódios o/ !

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER