Go On: Matthew Perry tenta seguir em frente

E finalmente estreou Go On, a tão esperada nova comédia de Matthew Perry. Essa é a terceira tentativa do ator de deslanchar após o fim de Friends. Com um roteiro um tanto quanto dinâmico, porém nada inovador, a história acompanha o locutor esportivo Ryan, que perdeu a esposa em um acidente e, após um mês da tragédia, tentar voltar ao batente, mas é enviado por seus patrões para um grupo de terapia para que ele lide com sua perda.

Apesar dessa premissa incomum para uma comédia, Perry conseguiu arrancar, pelo menos, uma risada minha logo no primeiro minuto, trazendo aquele sarcasmo e acidez do nosso eterno Chandler Bing. Além de Perry, o elenco também conta com nomes como o de Tyler James Williams, o inesquecível Chris de Everybody Hates Chris, que apesar de seu personagem Owen não ter o costume de falar, deu um show a parte quando contracena com Perry.

O núcleo principal da série é o grupo de terapia e todos os atores tem atuações excepcionais, garantindo bons momentos. Não chega a arrancar gargalhadas, mas um riso aqui e outro ali. Há também momentos dramáticos, afinal estamos falando de pessoas que estão se recuperando de traumas, mas eles não chegam a atrapalhar o ritmo da história.

Com uma audiência excelente em sua premiere graças ao público que acompanhava os Jogos Olímpicos, a estréia oficial de Go On será dia 11 de setembro e é a partir dessa data que vamos ter uma noção do que vem pela frente.

Go On tem tudo para ser a primeira série de Perry a seguir em frente e ter vida além de uma temporada. Se depender dele e do elenco espetacular tem tudo para acontecer, mas vamos ver como vai ser o desenrolar da trama.

Antes de finalizar, um outro ponto a ser ressaltado, na minha opinião, é a semelhança com a série de sua colega de elenco dos tempos de Friends Courteney Cox. Go On mostrou um humor leve, com aquele momento de conscientização, algo marcante nos episódios de Cougar Town, que adotando esse método, já ruma para sua quarta temporada.

Os roteiristas só precisam dar os ajustes necessários e manter a essência de seus personagens para ter uma possível vida longa no ar. Outro fator importante é trabalhar em cima do núcleo da emissora de rádio na qual Ryan trabalha, pois foi ali que a série me arrancou a primeira risada.

De uma forma geral, eu gostei da série e acredito no futuro dela sim. Estou torcendo para que Matthew Perry finalmente possa encontrar o caminho certo para seguir em frente, assim como a maioria dos seus colegas de Friends vêm conseguindo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER