GoT 2×04 — Garden of Bones

“Eu não estou ameaçando o Rei, senhor, eu estou educando meu sobrinho. Bronn, na próxima vez que Ser Meryn falar, mate-o. Isso foi uma ameaça. Entendeu a diferença?” — Tyrion Lannister.

Não vamos perder tempo essa semana. Gostei muito do começo do episódio, sinistro, na chuva, o lobo de Robb saltando e atacando os soldados dos Lannisters. Demais. E eu aprovo a falta dos combates nas cenas do episódio. Prefiro que eles gastem o orçamento com outras coisas, efeitos, locais de filmagem… Porque as batalhas em si não importam, só o que acontece depois. E o que aconteceu depois? Robb claramente ficou apaixonadinho pela tal Talisa (nada como uma enfermeira arrancando pernas de feridos na guerra, não é?). Falta saber como a gente vai dar conta de tantos personagens!

Essa semana, Joffrey bateu recordes e se mostrou o mais bizarro da série — sem competição agora. Que medo daquela cena dele com as prostitutas! Medo mesmo! Que atuação fantástica…! E tudo porque Tyrion salvou Sansa de um espancamento em público. Sempre fico triste por Sansa, mas é como Tyrion disse: desse jeito submisso, ela provavelmente vai sobreviver. Ela vai apanhar bastante, mas deve sobreviver.

Já o Tyrion, ele é o melhor. Sério. Toda semana ele surge com cenas muito boas e frases que só ele poderia dizer. Aquele papo com o o primo Lannister foi sensacional (e convenhamos, ter que satisfazer a Cercei toda noite realmente não deve ser uma coisa ruim…). Só ri baixo porque pessoas dormiam na casa. O jeito que ele controla a situação, bota o cara de joelhos e faz com que ele concorde em ser espião do que acontece nos quartos de Cercei é impagável e mostra como nosso amigo anão vai espalhando sua malha de influência por toda King’s Landing, sem se render à força dos seus parentes.

Baelish chegou no acampamento de Renly e já partiu para as negociações pessoaise facilidades na tomada da capital. O que Tyrion queria que ele fizesse, na verdade, era negociar a troca de Jamie por Sansa e Arya com sua amada Catelyn. E quem não ficou feliz quando ela puxou uma adaga e o ameaçou? Mas esses Stark se rendem muito fácil… Por falar nesse pessoal, a cena que mais gostei em Garden of Bones foi a do encontro de Renly com Stannis. Foi tudo maravilhoso. O lugar, o vento forte balançando as bandeiras, o diálogo sério com detalhes irônicos entre irmãos e as intervenções de Catelyn e Melissandre…

E sobre Melissandre, fiquei com pena do Davos tendo que acompanha-la até a estranha caverna e ter que ve-la parir um ser muito, muito sinistro. Davos, querido, eu teria saído correndo. Não sei se Stannis teve realmente algo a ver com essa gravidês instantânea dela, mas aquele ser de sombras que saiu de lá de dentro foi mais um passo definitivo para o mundo de magia que se esconde nas entranhas de Game of Thrones. Aos poucos esses elementos vão ganhando destaque na série e, parece, assumirão a devida importância. Mal posso esperar!

Daenerys finalmente conseguiu salvar seu povo (por enquanto). Eu estava realmente triste pela história dela não se desenvolver nos primeiros episódios, mas agora, pelo menos, ela conseguiu dar alguns passos. Fico impressionado com quanta coisa Game of Thrones consegue adicionar a cada episódio. Fica realmente difícil acompanhar tudo, até porque a série é mais focada no nosso reconhecimento visual do que nominal. Vocês que só assistem a série conseguem nomear todos os lugares que apareceram nessa temporada? Eu tenho minhas dificuldades. Dessa vez, a novidade foi a grande cidade de Qarth, um oásis que com certeza trará outras dificuldades para a Mãe de Dragões.

Enquanto isso, Arya e Gendry só sofrem. Gostei demais da insinuação da tortura até a morte que eles presenciam. Eu realmente não precisava ver o cara sendo despedaçado e me arrepiei com os gritos e barulhos de ossos quebrando. Achei interessante que o meio de Arya se ausentar da loucura do seu cativeiro era tentando lembrar o nome das pessoas de King’s Landing. Agora a chegada de Tywin Lannister foi bem cronometrada, heim? Temi que o tempo de Gendry havia chegado ao fim — a gente nunca sabe quanto tempo vai viver um personagem em Game of Thrones! Como ele salvou a vida do ferreiro e também percebeu o disfarce de Arya, comecei a sentir que estamos perto de ver o outro lado de Tywin. Até agora, ele é só o cara cruel que quer controlar o reino, mas Arya como assistente dele com certeza nos mostrará uma nova versão do velho guerreiro.

Por fim, a pergunta do dia é: o que é a tal Irmandade?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER