Gotham 1×11 — Rogues’ Gallery

Você é um macaco inteligente, mas você é um macaco, e eu sou o dono do zoológico”. — MARONI, Don

Das séries que assisto, a volta mais sem graça foi a de Gotham. Rogues’ Gallery trouxe mais do mesmo, por isso não sei até quando as atuações esplêndidas com que somos presenteados a cada episódio serão o suficiente para segurar minha atenção na séries por muito mais tempo. Os personagens têm tudo para serem cada vez melhores, mas o roteiro, apesar de satisfatório, já está começando a apresentar sinais de cansaço, que não é justificado, uma vez que ainda estamos no episódio 11. Nem a mudança de cenário para Jim Gordon e o aparecimento da diva Morena Baccarin me deram alguma satisfação nesse episódio cheio de trama e pouca resposta.

Sei que sou bem chato, mas o episódio não foi de todo ruim. Tivemos mais Fish armando contra Don Falcone, mas por enquanto podemos ver que o esquema dela segue a rotina clássica dos filmes de mafiosos: se você entra no meu caminho ou discorda do que eu digo, morre. E foi assim que um mafioso, mas não qualquer um, o próximo na lista para substituir o grande Don Falcone, foi para o saco. Não brinque com a Mama Fish é a mensagem principal deixada por todos os episódios da série até agora.

Já no novo emprego, Jim parece carregar seu estigma de policial justo, e o diretor de Arkam não fica nada feliz com o desempenho do rapaz, sem nenhum motivo claro, pois nosso cidadão modelo de Gotham faz seu trabalho muito bem, obrigado. Mas depois de um incidente, alguns dos internos começam a aparecer machucados por tratamentos de choque violentíssimos, que fritam seus cérebros e é claro fica sob responsabilidade de Jim resolver o caso, que de cara nos mostra o culpado, digo, alguns minutos depois,. Mas para desviar do óbvio, os roteiristas colocam outro culpado bem na nossa cara, resolvem o caso com esse culpado e depois nos mostram que estávamos certos desde o começo. Até essa reviravolta não pareceu bem elaborada no fim de tudo, mas pelo menos deu aquela sensação de que eles estão tentando.

gotham

As cenas da Cat ajudando Ivy só serviram para a melhor parte do episódio. Depois de levar um pé da Montoya, Barbara, como uma boa safada que ela é, liga de volta para Jim, que não está em casa. Quem atende é Ivy, que invadiu o apartamento dele ajudada por Cat; a menina engana Barbara no telefone, e a moça acaba a cena histérica jogando o telefone na parede. Qual a lógica nisso? Ela covardemente larga o cara para ficar com outra e quando é chutada decide voltar, e ainda fica nervosinha porque ele supostamente pegou alguém? Mulheres sendo confusas, não é de se estranhar, e ela mereceu essa.

Achei o papel da Morena Baccarin meio apagadinho, mas tudo bem, acredito que tenha sido apenas uma introdução da personagem que aparentemente é famosa nos quadrinhos. Confesso que não tenho ideia da importância dela no universo Batman, mas é a Morena gente, o importante é que ela está na série divando como sempre.

Pinguim se deu mal nesse episódio. Não é a primeira vez que o personagem enfia os pés pelas mãos e acaba batendo com a cara no chão, mas dessa vez o castigo veio diretamente de Don Maroni, que deixou o capanga preso alguns dias para lhe ensinar uma lição valiosa, citada no quote que abre essa review. Oswald se esqueceu que ainda há uma hierarquia e avançou o sinal, mas a lição foi aprendida pelo personagem, que sempre absorve as ideias de forma muito diferente do que as pessoas comuns pensam, por isso podemos esperar um troco bem recheado para um dos maiores mafiosos de Gotham, afinal ninguém brinca com o Pinguim e sai impune.

Enfim, por mim, Rogues’ Gallery poderia ter sido bem melhor, mas aparentemente os roteiristas de Gotham andam com o pé no freio. Mesmo sendo da FOX, a série parece comedida demais, e pessoalmente eu preferia que fosse uma produção da AMC, ShowTime ou HBO, mas como não é, só podemos esperar o melhor que possa ser feito dentro dos limites de uma rede mais açucarada, para dizer o mínimo. Até a próxima pessoal, continuem assistindo e coloquem suas dúvidas, críticas e comentários logo abaixo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER