Gotham 2×04 — Strike Force

Com Strike Force, Gotham mostra que ainda existe esperança em uma cidade coberta pelo caos.

Damas! Outros! Vamos discutir o futuro com civilidade, não é?” — COBBLEPOT, Oswald.

Muito defendem que a renovação virá apenas após o colapso completo das instituições e das relações humanos como elas são conhecidas. O caos forçaria um novo início. Mas há um problema com o caos. Depois de instaurado, o que predominará? Qual dos movimentos antagônicos prevaleceria?

Que Gotham está invadida pelo mal, isso não é nenhuma novidade. No entanto, há duas forças malignas, porém opostas, operando na cidade. De um lado, está Oswald Cobbelpot, o Pinguim, representando a velha escola do crime; do outro, Theodore Galavan assumindo a jovem guarda da criminalidade.

Se o Pinguim possui determinados princípios, bem delineados no começo do episódio (sem guerra entre gangues, sem derramamento de sangue de pessoas inocentes, por exemplo), Theo pouco se importa para princípios e que instaurar o caos, para então dominar completamente a cidade.

Com Strike Force, Gotham mostra que ainda existe esperança em uma cidade coberta pelo caos.

Theo é pior, pois, ao não ter princípio algum, age de maneira fria, sem se importar com os meios utilizados para atingir seus fins. E, para isso, vale tudo. Até sequestrar a mãe do Pinguim e obriga-lo a executar todos os candidatos a prefeito da cidade, deixando o caminho para o recém-chegado empresário.

Pinguim, dentro da série, é um personagem que desperta simpatia, mesmo sendo um vilão. Parte disso é culpa de seu intérprete, Robin Lord Taylor, que continua surpreendendo. A outra parte é culpa do próprio personagem mesmo. Seu discurso acerca do crime em Gotham é a personificação do tipo de pessoa que ele é. Seu foco é quem rouba sob uma áurea de honestidade e não o trabalhador comum.

Além do embate entre esses dois estilos de vilania, o episódio trouxe o capitão Nathaniel Barnes, vivido por Michael Chiklis, mais conhecido pelo seu papel em The Shield. Essa soma ao elenco é extremamente importante para o momento em que Gotham vive. Ter um policial durão para reorganizar a bagunça deixada por Jerome Valeska é fundamental. Dar um gás à polícia do lugar e ainda criar uma força tarefa formada somente por jovens cadetes.

Michael é a pessoa certa para isso. Seu histórico como ator lhe confere o peso necessário para dar vida à Barnes. É genial que a série traga toda essa referencialização. É como se dissesse para o espectador: “Nesse aqui vocês podem confiar”.

Triste mesmo foi acompanhar o rompimento da relação entre Bruce e Selina. Os dois possuem química para ser um casal, mas a vida do crime não transforma a menina em uma boa opção de relacionamento. Espantoso foi ver Alfred se metendo nos assuntos amorosos do patrãozinho. Deu até dor no coração ver Selina a distância, sofrendo.

E dá até para imaginar o quando sofrerá ainda mais agora que Silver St. Cloud entrou na jogada. A sobrinha de Theo Galavan é o tipo de garota agradável, mas que pode produzir futuras dores de cabeça devido às suas origens. Theo não dá ponto sem nó. Apresentar a sobrinha a Bruce não foi gratuito.

Edward Nygma ganhou um pouco mais de destaque. A maneira como a série vem trabalhando o crescimento do futuro Charada dentro da trama merece destaque. Não é apressada, até porque em uma série com 22 episódios não dá pra correr muito. Mas também não é arrastada. Tem sido na medida e aguça ainda mais ansiedade do espectador para presenciar o ponto de virada do personagem.

Strike Force foi um bom episódio para manter o ótimo ritmo dessa segunda temporada. E vocês? O que acharam? Deem suas notas e confiram a promo do próximo!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER