Gotham 2×05 — Scarification

Scarification, outro bom episódio de Gotham, evidencia o mal gerado pelo sentimento de vingança.

Está em águas profundas, Sr. Pinguim” — EDWIGE.

Um dos sentimentos mais destrutivos a apossar-se do homem é o de vingança. A falsa ideia de fazer justiça com as próprias mãos nunca é plenamente bem executada. Nunca chega a um final satisfatório. A dramaturgia se valeu por muitas vezes da vingança para explorar uma faceta obscura do caráter humano.

É a vingança que move Theodore Galavan. Se ainda restava alguma dúvida sobre os motivos que o levaram a impetrar o mal de maneira tão incisiva contra Gotham, coube a Scarification explicar detalhadamente essas razões. E o protagonista dessas descobertas foi ninguém menos que Oswald Cobblepot.

Muito bom o fato de colocarem o Pinguim no centro de tudo isso. Afinal, ele está sentindo na pele os efeitos da maldade sem limites de Theo. Sua mãe ainda está nas mãos do inimigo, mas agora, de posse dessas informações, Oswald pode promover uma virada no jogo. E ele está disposto a qualquer coisa para conseguir isso, inclusive decepar a mão de seu fiel escudeiro.

Scarification, outro bom episódio de Gotham, evidencia o mal gerado pelo sentimento de vingança

Aliás, duas cenas mostraram que Gotham está levando muito a sério esse lema de era de vilões. Bem diferente da primeira temporada que era mais leve, a segunda tem pegado pesado no quesito violência, mostrando em closes sangue e membros decepados. Não é uma reclamação. Ao contrário, quando a violência é bem utilizada, tende a agregar valor ao produto.

Outro grande momento do episódio foi a introdução de um novo vilão para o seriado. Se nos quadrinhos Vagalume era um personagem masculino, na série ele foi transformado em uma mulher. Bridgit Pike é uma jovem frágil, escravizada por seus irmãos. Eles fazem parte de uma gangue de incendiários contratados pelo Pinguim para comandar o terror de Gotham.

É compreensível a mudança do sexo do personagem. Os próprios produtores afirmaram que, ao utilizarem uma mulher, poderiam mostrar como o sentimento de injustiça pode impulsionar alguém cheio de paixão para a escuridão. É uma decisão que acrescenta muitas nuances e, se bem executada, renderá ótimas histórias.

Selina Kyle logo se ligou à moça. Talvez por se comover com a dor de outra mulher, algo tão próprio à futura Mulher Gato, Selina deseja ajudar Bridgit. As duas poderão fazer uma boa dupla. Resta esperar.

O grande pesar ficou com a saída de Garrett, um dos policiais que integravam a Tropa especial da polícia de Gotham. A tendência é que os jovens oficiais sejam dizimados ao longo da temporada para deixar Gordon ainda mais revoltado.

O momento de descontração do episódio ficou por conta do jantar organizado por Leslie, na companhia de Gordon, Nygma e a namorada. Foi algo bem leve e divertido. O problema é que não serviu muito para quebrar o ritmo pesado imposto pelo episódio. Não faria mal não estar ali.

A segunda temporada está no caminho certo. Fiquem com as cenas do próximo capítulo.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER