Grávidas que mudaram o mundo

O título ficou bastante pretensioso, ainda mais quando nenhuma dessas grávidas de fato mudou o mundo. Mas, cada uma delas, à sua maneira, transformou os rumos de suas séries. E como essa é a semana do Dia das Mães, nada melhor que relembrarmos algumas dessas futuras mamães tão memoráveis para o mundo televisivo.

Ser Mãe é um ato tão poderoso que diversos roteiristas incluíram esse momento tão peculiar na vida de uma mulher como uma dádiva, em alguns casos; ou como uma maldição, em outros. Esperança, salvação, medo. Tudo isso poderia vir com o nascimento do rebento de cada uma dessas mulheres. Vem comigo!

5º A gravidez de Lily Tyler em The 4400

Muitos vão discordar da lembrança dessa série subestimada nessa lista. Afinal de contas, The 4400 dificilmente é lembrada no escalão das séries de ficção científica. Ainda mais por sua produção ter se dado concomitante com o sucesso de Lost. Cancelada em 2007, a série tinha um mote absurdamente bom. Pessoas desaparecidas ao longo de vários anos retornam à Terra em 2004 em meio a muita suspeita. Entre estes, está Lily Tyler. A loirinha ficou grávida enquanto esteve desaparecida. Essa gestação trará grandes consequências aos acontecimentos da série, especialmente com o nascimento da demoníaca Isabelle. Quem não viu, é necessário conferir como essa gravidez mudou os rumos de The 4400 de uma maneira chocante.

4º A gravidez de Claire Littleton em Lost

E já que a criação de J. J. Abrams foi lembrada no item acima, não podemos nos esquecer de que a série empregou bem o recurso da gestação em seus episódios. Algumas personagens descobriram estarem esperando um filho, mas a mais importante delas foi, sem dúvida, Claire Littleton. A também loira descobriu sua gravidez ainda em Sidney e decidiu dar seu bebê à adoção. Após ser desaconselhada por um vidente charlatão, Claire acaba embarcando no avião que sofrerá o célebre acidente que mudou a história da televisão. Após alguns contratempos, Claire dá a luz a Aaron, um saudável bebê que mudará muito a vida de sua mãe, de algumas pessoas na ilha e de certo casal “fora da ilha”. Uma gravidez a entrar para a história.

3º A gravidez de Number Eight (Sharon) em Battlestar Galactica

Mais uma gravidez em série de ficção científica, essa tinha um significado muito especial dentro da trama de Battlestar Galactica. Essa personagem era uma Cylon e engravidou de um humano. Isso significava muito na narrativa, pois a grande questão da série era como a humanidade evoluiria depois de ser praticamente eliminada e o papel que os Cylons — responsáveis pela aniquilação — teriam. Ao nascer, o bebê é dado como morto, muito mais para uma proteção à própria cria.

2º A gravidez de Dana Scully em Arquivo X

Dana Scully não poderia engravidar. No entanto, a agente aparece grávida. A concepção se deu em meio a experiências durante a abdução de Scully. A gestação é bastante complicada e Scully precisa lidar com uma perseguição por parte de um híbrido (metade humano, metade alienígena). A confirmação da paternidade do bebê só virá no final da temporada seguinte, sendo Mulder o pai. O bebê, William, não é uma criança normal. Scully constata que o garoto tem poderes psicocinéticos. Após um sequestro, a mãe toma sua pior decisão: dar o bebê para a adoção, perpetuando o mistério sobre a origem do garoto.

1º A gravidez de Lucy em I Love, Lucy

Choque ao constatar o primeiro lugar. Afinal de contas, depois de quatro séries de ficção científica, o que a comédia em preto e branco I Love Lucy faz aqui? Muito simples. Essa série dos anos 1950 deu o pontapé inicial para as grávidas na teledramaturgia. Antes dela, nenhum outro programa de TV havia mostrado uma gestação. O problema é que a atriz Lucille Ball ficou grávida de Desi Arnaz, seu marido na vida real e nas telinhas. Após muita discussão, os produtores decidiram incorporar a gravidez à personagem. Foi a primeira vez que a gravidez de uma estrela foi inserida em uma série. Curiosidade: a data da exibição do episódio sobre o nascimento do filho de Lucy foi, coincidentemente, a mesma data do nascimento do bebê na vida real. Nesse ponto, vale observar que o garoto é tema central de poucos episódios (em comparação com a importância de um personagem como esse). Na maioria dos episódios após seu nascimento, ele está aos cuidados da Sra. Trumbull, a vizinha que fazia as vezes de babá, ou então nem é citado, como se ele nem existisse. Apesar disso, o episódio do nascimento do bebê é citado como um marco para a TV.

Tivemos gravidez importantes também em Friends, Bones e American Horror Story. E vocês? Lembram de mais alguma que foi deixada de fora? Reclama aí embaixo, meu povo!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER