Greys Anatomy 11×05 — Bend and Break

“VAGINA. V-A-G-I-N-A…”- TORRES, Callie

Aconteceu uma coisa muito engraçada esses dias: entrei no Netflix e assisti a primeira temporada de Grey’s Anatomy. Meus amigos, esse série já foi sensacional. Sim, eu sei que você já sabe, eu também estava lá em 2005 quando ela foi lançada, mas rever os episódios me fez dar conta que hoje, infelizmente, a serie é um resquício dessa maravilha.

Bend and Break retratou muito o nosso sentimento com a serie. Usando o relacionamento de Callie e Arizona, fomos inseridos em um contexto maravilhoso sobre a morte. As vezes o mais sensato a fazer é dar um passo para trás, respirar e deixar o corpo fazer o que ele sabe melhor. O cirurgião pode inventar muitas coisa durante o procedimento, mas tudo vai depender da disponibilidade do corpo do paciente.

Grey’s nos ensinou muito. A serie foi a primeira a retratar o dia a dia de um hospital com drama e pitada de humor. Nos apaixonamos por pessoas, odiamos outras, quase enfartamos quando alguma bomba explodia dentro do hospital. Personagens cresceram e amadureceram durantes esses 11 anos. Assim como nós.

GA 11x05

Callie e Arizona foram para a terapia resolver uma coisa que a 2 temporadas estava acabado. As vezes você precisa de tempo pra perceber que quem mais luta pode ser o primeiro a desistir. Foi bacana esse pulo no tempo com flashback da historia de ambas. Foi um plot lindo e delicado como a serie sempre fez, mas tinha que acabar.

O fato de ter sido Callie quem entendeu primeiro foi, no mínimo, irônico. Ela deu um passo para trás, respirou e compreendeu que para você amar alguém é preciso se amar e respeitar primeiro. Fiquei com dó de Arizona, mas a vida dela agora é outra. Ela largou a pediatria para se dedicar à outra especialidade. Ela quis isso e agora tem que arcar com as consequências.

O futuro ainda é incerto, mas acredito que há esperança. Grey’s deveria fazer mais episódios assim; é quando ela se preocupa com os seus personagens que a serie volta a ser aquela da primeira temporada.

O episódio era necessário para dar um ponto final nessa historia. Mais importante do que começar é saber quando parar. Grey’s ainda não sabe fazer isso ainda, mas pelo menos os seus plots são honestos. Agora é pensar no futuro e acreditar que dias melhores virão.

A série continua morando no meu coração e estou ansiosa para ver o que os roteiristas têm em mente. O divertido agora é ver o que mais eles podem fazer para nos surpreender, porque após 11 anos, nós somos praticamente Chefes da Cirurgia do hospital. Qualquer sinal e nós somos capazes de desvendar o que vai acontecer, não é?

E vocês? O que acharam do episódio?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER