Grey’s Anatomy 12×13 — All Eyez on Me

Em All Eyez on Me, Meredith conhece o possível novo Mc Dreamy.

Ele está flertando com você.”- AVERY, Jackson

E não é que finalmente chegamos nesse momento? Grey’s Anatomy enfim começou a saga “encontrar um parceiro para Meredith” e confesso que não foi de todo ruim. O foco é achar alguém totalmente diferente de Derek e igualmente arrematador. Will Thorpe ainda não corresponde a nada disso, mas é um começo.

Em All Eyez on Me, Meredith e sua equipe são acionados para uma cirurgia nunca antes feita. Um tumor enorme e que pode tirar a vida de um soldado. A solução? Transformá-lo em um saci pererê bizarro. Sério, ás vezes eles forçam um pouco, mas quem sou eu para julgar quando achei super coerente Mer segurar uma bomba dentro de um paciente por seis horas. Não é mesmo?

A cirurgia em questão põe em risco também a reputação de Callie. E foi maravilhoso. Sara é muito carismática e engraçada. A personagem nunca soa exagerada ou histérica. Não é à toa que quando ela não aparece todos sentimos falta. É claro que a pressão é enorme e que a chance de dar errado é grande, mas ela conta com colegas incríveis. E isso, faz toda a diferença.

Meredith sabe que, ás vezes, temos que ser pressionados para alcançar algo melhor. Callie precisava passar por aquele momento de pânico para coordenar o pensamento e pensar na estratégia mais eficiente. Paciente salvo e equipe feliz. Que as outras séries me perdoe, mas eles são sim o Dream Team da medicina.

Falando em pressão, como não se orgulhar de Warren. Ele fez o que tinha que ser feito. Salvou o paciente com os meios que dispunha e honrou a profissão. Achei exagerado o tanto de esporro que ele tomou, mas as vezes não podemos deixar o ego falar mais alto. Suspensão válida e DR na casa dos Baileys pegando fogo.

Maggie também andou se enrolando com DeLuca e o tal do romance secreto. Alex foi bastante coerente em colocar as coisas como são. Sim, você tem vergonha de ser vista com ele e precisa aprender a lidar com isso. A pegação dentro das salas é legal até certo ponto, mas depois queremos o velho e bom relacionamento estável e é aqui que mora o perigo.

DeLuca agora vai ter que se virar nos vinte. Quem não julgaria um funcionário que namorasse o chefe? Por mais que se esforce em não dar tratamentos especiais, sabemos que a verdade passa bem longe disso.

Grey’s nos poupou de April e Jackson, mas em compensação tivemos que aturar Edwards e as cheerleaders. Ninguém quer ver isso. Cadê os pais dessas meninas? Porque ninguém separou elas? Porque deixaram a menina do ataque cardíaco no mesmo lugar que as colegas? Não entendi a necessidade.

Será que esse começo de qualquer coisa entre Will e Mer vai para frente? Ainda prefiro Karev ou Riggs. Me julguem.

E você? Curtiu? Então não deixe de assistir a promo do próximo episódio.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER