Grey’s Anatomy 9×11 — The End is the Beginning is the End

Alguns ganham a batalha, mas perdem a guerra.

Grey’s Anatomy continua mandando bem na sua nona temporada, mesmo depois de tantos episódios. Geralmente, uma série conseguiria se manter por no máximo 5 anos, mas Grey’s já está quase no dobro desse tempo, com uma ótima audiência e com bons episódios.

Porém, não há duvidas de que uma reciclagem de material é necessária, afinal ninguém consegue manter uma série por nove anos sem um pouco de redundância. É claro que estou falando de quase TODOS os novos relacionamentos na série, passando por Avery e Stephanie, até chegar em Karev e Wilson.

Grey's 9x11

Os dois últimos eram os mais irritantes, mas nesse episódio, Shondaland finalmente entendeu que um relacionamento para Karev não é uma boa ideia, sendo que ele não consegue se decidir se é ou não uma boa pessoa. Sem dúvidas os dois ficarão juntos no final, mas gostei de ter visto uma menor erotização do relacionamento dos dois para que possa genuinamente parecer que são amigos.

O episódio foi divertidíssimo, com cookies como analogia sobre homens, menina que come seu próprio cabelo, Bailey irritada com a vovó que estava tentando coisas novas no relacionamento porque na lua de mel dela rolou sexo só uma vez e ela ainda pegou infecção na Pikachu por ter entrado areia e coisas do tipo.

Gostei de ver que os roteiristas não se esqueceram de Mark e achava mesmo que Avery iria se tornar um Mark Sloane 2.0, mas até agora só no quesito sexo que ele consegue competir, porque na medicina, Avery quer ser um visionário, que mesmo aprendendo muito com o mentor, ainda acha que há espaço para melhoramento.

A tristeza, porém, estava com Richard, de luto por causa de Adele e pior ainda: se sentindo culpado por isso. A sala que ele mantém, com todos os restos que os pacientes tinham dentro deles, só mostra que ele se sente culpado por estar presente em todos esses momentos e ter perdido diversos outros momentos com Adele. Além disso, ele estava com Katherine durante um bom tempo, agravando mais ainda seu sentimento de culpa. Algo normal para se sentir, na verdade. Porém, Richard está tão desmotivado ultimamente que isso provavelmente será o que ele precisava para deixar de vez o hospital.

Felizmente, Cristina e Owen continuam na pegação forte, com uma leve participação de Wilson. Parecia mesmo que o casamento era o que estava atrapalhando os dois de se tornarem um bom casal. Não há dúvidas, porém, que o último momento divertido para nossos queridos residentes e atendentes do Seattle Grace está chegando ao fim, com o grande plot twist sendo revelado: o hospital perdeu a ação e terá que fechar as portas. É algo que provavelmente não vá acontecer, mas é um novo arco que deverá ser bastante interessante, que envolverá todos os personagens.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER