Hannibal 3×04 — Aperitivo

Com um episódio menos artístico e mais focado no restante dos personagens, finalmente temos todos os resultados do fim da última temporada.

“Sobreviveu a ele?” Isso implica sorte ou habilidade da minha parte, que me permitiu viver. É exatamente assim que ele queria que eu vivesse.” — VERGER, Mason

O jantar desta semana foi servido e está amargo. Não pelo episódio, mas pela triste notícia do cancelamento dessa série magnífica. Bryan Fuller até mesmo tomou a frente e discutiu um pouco como seria uma possível quarta temporada caso ela aconteça. Até mesmo Hugh Dancy e o elenco estão se manifestando para uma possível sobrevida da série. Vamos mostrar nosso apoio à essa série e salvá-la.

Quanto ao episódio, foi tudo um retorno. A série abandonou uma linearidade cronológica em troca de uma narrativa mais misteriosa, mais fluida. Até mesmo o tom do episódio, a fotografia e as cenas puramente artísticas ficaram “mais sóbrias” e brancas. É um grande e forte contraste comparado aos episódios anteriores. Tanto os mais focados em Will quanto em Hannibal abusavam da escuridão. Seria uma brincadeira sobre qual lado cada personagem está? Em se tratando dessa série, é bem possível.

O episódio funcionou praticamente como o prato que levou o nome: realmente, um aperitivo, uma abertura para as histórias que vão desenvolver esta temporada para o restante dos personagens.

Hannibal 3x04

Uma coisa que pode ser afirmada, de forma alegórica, é que Alana e Jack morreram naquele dia. Sim, estão vivos, sabemos. Mas os personagens como conhecemos ficaram para trás e os que temos aqui são pessoas bem diferentes. A postura mudou, a visão mudou, as atitudes mudaram.

Alana é o melhor exemplo disso tudo. Apesar da brincadeira sobre a medula em seu sangue, ela realmente pensa diferente. Aquela moça pacífica e que nunca teria coragem de usar suas ferramentes como psiquiatra para obter algo morreu. Essa nova Alana manipula, planeja. É fria e sabe muito bem o que quer: a cabeça de Hannibal em uma tigela de prata. Em Verner, ela vê a oportunidade de levar a cabo esse plano sem sequer sujar as mãos de sangue, mas precisou abandonar tudo que acreditava para levar isso em frente. Ela conseguiu manipular e convencer Will a ir atrás de Hannibal para, então, colocá-lo no “teatro de Verner”.

O perdão nem sempre é uma forma de julgamento, Sr. Verger. Não preciso de religião para apreciar a ideia de vingança do Antigo Testamento.” — BLOOM, Alana

Jack também não é mais o mesmo. Justo aquele homem que tanto sentia o pesar de ter a morte ao seu redor, abraçou ela com força. Mas, o mais assustador, foi ter a coragem de matar sua amada Bella. Ele lutou para que ela aceitasse viver um pouco mais, mesmo que na base de tratamentos que a deixaria ainda mais debilitada. Mas, no fim, foi ele quem a entregou aos braços da morte. O sofrimento que aquela situação estava trazendo tanto à ele quanto a ela era imenso. E ele sabia muito bem que ela só estava ali, sofrendo todo dia, por amor. Ela não de desapegou à vida por ele, apesar de antes ter tentado. E mesmo que ele faça força para aceitar, ele não entende como tudo pode ainda estar de pé sem ela. Como o mundo gira sem ela. Como a vista da janela é a mesma sem ela.

E agora fica, novamente, uma grande dúvida pairando no ar. Será que Alana realmente manipulou Will a ir atrás de Hannibal? Ou, novamente, seria um plano elaborado para pegar o canibal? Ou, ainda, se ela nem conseguiu conversar com Will e ele partiu por vontade própria?

Não foi um episódio com aquela excelência que Hannibal sempre costuma apresentar. Quase foi um novo season premiere, colocando as engrenagens para rodarem. Acredito eu era o que a série mais precisava no momento, afastar um pouco da relação Will x Hannibal e deixar o restante dos personagens tomarem mais forma, mais ação, mais presença na história.

Hannibal nunca foi uma série fácil de acompanhar. A série tem um detalhismo riquíssimo e um estilo completamente único. Vai ser difícil encontrar alguma que consiga transformar morte em um espetáculo visual como essa série consegue. Por seu estilo único, a série cativou bastante. Infelizmente, não o suficiente para a NBC. Vamos todos ficar na torcida para existir, pelo menos, mais uma temporada. #SaveHannibal

Prato do dia — Aperitivo: novamente, mais uma etapa do jantar formal italiano. Apesar de aparecer somente agora na série, aperitivo é a primeira etapa do jantar, vindo antes mesmo do antipasto. Nesta etapa, os convidados consomem bebidas e aperitivos, fora da mesa, enquanto esperam o jantar iniciar. As bebidas servidas normalmente são espumantes e vinhos secos.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER