Homeland 4×06 — From A to B and Back Again

Quer saber o que Homeland tem de melhor a oferecer? Assista From A to B and Back Again, um episódio onde tudo saiu como deveria.

HOLY F*CK!”— QUINN, Peter

Comecei a me preocupar com Homeland algumas semanas atrás. Após fazer um retorno consistente com direito a episódio duplo (The Drone Queen/Trylon and Perisphere), a série diminuiu bruscamente o ritmo. Focaram em embasar os plots dos personagens remanescentes na série (principalmente o de Quinn) e fazer uma introdução bem trabalhada dos novos (About a Boy). E funcionou!

From A to B and Back Again foi como um energético para a série. Sob a direção da experiente Lesli Linka Glatter, o episódio é tenso do começo ao fim e resulta numa reviravolta surpreendente em todos os sentidos.

Claire Danes e Suraj Sharma são ótimos no que fazem e isso não é novidade para ninguém, principalmente se tratando da protagonista que puxou os holofotes para si desde o primeiro ano do show. Mas não dá pra não falar do espetáculo que ela deu nesse episódio, em cada minuto. Desde o teatrinho que fez para Aayan até o doloroso final. O ataque de consciência da personagem foi bem visível, sem falar da confusão interna que quase se solidificou diante das câmeras. Tudo mérito dessa maravilhosa atriz vencedora de Emmy.

Outro aspecto positivo foi a dinâmica do episódio. Começando pela ótima sequência de ação na Save House, passando pela intensa abordagem dos guardas durante a fuga de Aayan, até chegar a armadilha arquitetada pelos jihadistas para atar as mãos da nossa Rainha dos Drones. Essas cenas casaram muito bem com os diálogos.

Fara, que na ausência de Saul vem servindo como uma Protetora da linha entre o certo e errado, bateu de frente pela primeira vez com sua superior. Venho esperando isso desde que a personagem mostrou claramente desaprovar a forma como Carrie e a CIA age. É um pouco confuso, sim. Mas consigo entender a importância de Fara na história: ela realça a instabilidade mental de Carrie e sustenta melhor a tese de Quinn. Tese da qual parte a premissa da temporada.

Haissam Haqqani, assim como seu sobrinho, chegou a série como uma incógnita. Lógico, ele sempre foi colocado como o novo Abu Nazir, porém, About a Boy trouxe Aayan falando sobre o tio com amor e admiração, mesmo sabendo exatamente quem ele é e o que ele faz. Seria o caso de um jihad apegado a família? Errado. E descobrimos isso logo após revermos Saul Berenson.

A crueldade do antagonista transcendeu as expectativas dos telespectadores. Aayan se despede da série numa cena surpreendente, não sem antes dar o clássico olhar sentido para a câmera ao descobrir a grande mentira que viveu nos últimos dias. Diante da atitude de Haqqani, fica mais fácil acreditar que ele tem relação com o ataque ao casamento, ordenado por Carrie após informações de Sandy, que matou a família de Aayan e fez a CIA pensar que o terrorista também havia sido exterminado.

Carrie mais descontrolada do que nunca foi a cereja do bolo. Quem faz a Station Chief recobrar a consciência é justamente quem começou essa temporada bem instável: Peter Quinn.

From A to B and Back Again tem tudo o que estava faltando nos últimos episódios, além de criar muitas expectativas para a segunda metade da temporada. Homeland, apesar de oscilar como nenhuma outra série, consegue facilmente se reerguer e entregar episódios ótimos quando lhe é conveniente.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER