Hostages: conspirações em família

A vida dele não é mais importante do que qualquer paciente meu. Que é a coisa mais importante do mundo.” — Ellen Sanders

Baseada em uma trama israelense (como Homeland e In Treatment), Hostages, certamente foi uma das estreias mais aguardadas desta fall season. Esperada ansiosamente por uma legião de espectadores sedentos por uma trama conspiratória, a série não decepciona, e traz bons momentos de tensão nesse primeiro episódio.

A primeira cena mostra aquilo tudo que já tínhamos visto durante as promos: a família sentada e acoada pelos sequestradores. Mas o que vemos depois é uma apresentação rápida da vida e da personalidade de cada um dos personagens principais da série.

Logo conhecemos e reconhecemos Duncan (Dylan McDermott), o sequestrador que — pasmem — também é agente do FBI. Em uma cena do nível “filme de ação do Jason Stathan” podemos perceber o quanto Duncan é durão e eficiente no trabalho. Mas também com o decorrer do tempo percebemos também quantas feridas ele carrega. Sua esposa tem câncer em fase terminal, sua filha Soy-Soy chora a falta que ela faz, e seu pai apoia a arriscada decisão do filho. Aliás, essa tensão entre eles, e os motivos de Duncan me chamam mais atenção que a família de Ellen.

hostages

Bom, mas falando dela, temos Ellen, a bem-sucedida cirurgiã interpretada por uma Tony Collete muito magra e ainda contida, mesmo que a cena final do episódio mostre que ela não é tão manipulável como parece. Sem segredos, sem histórias obscuras (pelo menos por enquanto), Ellen é bem diferente de sua família aparentemente perfeita.

Com motivos bem clichês, mas até aceitáveis, a família de Ellen tem motivação de sobra para apoiar os sequestradores e manter seus podres ainda debaixo dos panos. O marido Brian (Tate Donovan) a trai com a secretária, e não é tão bem sucedido como parece. A filha está grávida de algum bad boy qualquer, e o filho é revendedor de maconha. Desde que as tramas fracas deles continuem em terceiro plano, concordo com os sequestradores mantê-los vivos, ou só mantenham a Ellen e tá tudo certo. Se o objetivo era gerar identificação com esses personagens, o tiro saiu pela culatra. Acredito que em Israel os segredos deles funcionem, país conservador e tal. Mas no mundo Ocidental isso é algo que já estamos carecas de ver.

Também conhecemos o presidente, que parece bobo demais para representar a “nação mais poderosa do mundo”. Mas ok. Após as apresentações, a tensão toma conta do episódio. Sem enrolações, logo a família é mantida em cárcere privado, e os sequestradores apresentam seu plano a Ellen. Ela não aceita, mas após a pressão da família, até parece concordar. Entretanto, logo descobrimos que ela não matou o presidente, como era o plano, e a sua olhadinha para a câmera, ou para Duncan, mostra que a série tem bastante fôlego ainda.

E foi exatamente aí, no final, que a série conquistou o espectador. Assim como o argumento inicial apontava, o mais importante não é se o presidente morre ou não. O importante é: Por que Duncan age desse jeito? E por que matar o presidente seria o certo? Isso salvará sua mulher? Mas como?

Com tantas perguntas e com a promessa de um dos embates mais interessantes da temporada — entre Ellen e Duncan — Hostages começa bem do jeito que esperávamos: tensa. A torcida agora é para a série não virar uma The Following ou Alcatraz, e se perder pelo caminho. Com todo esse potencial, Hostages já é um dos melhores pilotos da temporada.

Hostages estreia neste domingo (30), no canal pago Warner Channel.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER