Humans 2×02 — Episódio 2

Niska deseja uma sociedade mais tolerante em Humans.

Se algo pode ser livre, deveria ser livre. Se pode pensar, deveria pensar. Se pode sentir, deveria sentir.” — NISKA.

Respeito e dignidade. Parece que essas palavras são, apenas, vocábulos em um dicionário. A cada dia que passa, temos a sensação que respeitar o próximo parece algo tão distante que nem parece fazer parte da natureza humana. Discursos de tolerância são rapidamente taxados como de esquerda. No fim das contas, todos se esquecem de que todos merecem ser respeitados.

Humans fala de sintéticos, mas, na verdade, as lições aplicam-se aos seres humanos. Quando Niska pede para ser julgada como um ser humano e dá essa linda declaração que abre esta review, ela luta pelo direito da igualdade e da dignidade. Parece tão pouco, mas tudo fica muito mais sombrio quando há pessoas que não querem reconhecer o que é diferente.

Aliás, aceitar as diferenças tem sido um grande entrave nas relações humanas. Quando você não entende algo, a tendência é a fuga, o medo. É o que acontece com Ed ao perceber que Mia não é uma simples sintética. Por mais que ela esteja fazendo bem a ele, a primeira reação do rapaz é pedir que ela saia. Por mais que saibamos que isso será revertido, é fundamental entender que alguns se assustam diante daquilo que não compreendem.

Também é o medo que move Hester a torturar o prisioneiro e exigir deles respostas quanto ao que fazem com os sintéticos pensantes após ser capturado. É o medo que a leva a matar o cara. Hester não entende que os humanos não são tão compreensivos. A índole da sintética é de uma defesa mais agressiva. Bem diferente de Leo e Max.

Igualmente é o medo que faz Laura recusar, de início, ser a advogada de Niska. Afinal, é uma causa muito grandiosa. Ainda mais agora que os sintéticos estão ganhando consciência. Mas é emocionante vê-la entrar no galpão em que Niska é mantida presa e declarar seu apoio. Precisamos de mais gente apoiando.

Karen e Peter tentam vencer os receios e viverem como um casal comum. A policial pretende voltar à rotina de trabalho em breve e precisará de todo apoio do amado para suportar viver uma vida de mentiras.

Mattie e Athena, cada um a seu modo, estão empenhadas em criarem vidas e lidarem com toda a responsabilidade que isso ocasiona.

Em seu segundo episódio, Humans mostra o quão é competente em discutir assuntos delicados.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!