iZombie 2×10 — Method Head

Method Head apresenta um episódio onde os roteiristas e produtores erraram na mão, mas o conteúdo acaba compensando

Sabe o que seria legal? Uma série zumbi onde o zumbi é a estrela!” Zumbi

Isso é idiota!” BABINEAUX, Clive

O primeiro episódio do ano de iZombie deixou a desejar em muitas frentes. Apesar de ter sido divertido e ter avançado um bocado a história, o roteiro parecia apressado, o procedural ficou sonso e previsível, e algumas cenas pareciam simplesmente estar ali por falta de material melhor.

Os roteiristas também não perdem a oportunidade de engrandecer ainda mais a fama de Clive, como o detetive mais clueless (ignorante) de todos os tempos. Até Dale que está na série há apenas alguns episódios já sabe mais do que ele sobre o que está acontecendo.

Apesar de estar mais ligada que seu par romântico, a falta do que fazer com a agende do FBI na série é tão grande que a personagem acabou protagonizando algumas cenas sem noção com seu amado, mas no fim foi a peça chave para o maior conflito da série nessa temporada.

Terminamos Method Head apreensivos sobre o futuro de Blaine. O vilão que é uma dos prontos altos da série anda um tanto deixado de lado, mas os roteiristas parecem gostar dele tanto quanto gostamos, pois sempre ganha ótimas cenas e falas incríveis, sempre banhadas a humor negro e completa falta de respeito pela vida alheia.

Outro ponto alto da série fica sempre por conta de Major, que ao contrário de Clive, é um personagem que sempre evolui e ajuda a trama a andar. Seu plano contra Vaughn não está exatamente claro, mas ao menos ele faz algo.

Desta vez nem a grande performance de Rose McIver salvou o roteiro, inclusive sua personalidade sob efeitos do cérebro do ator de sua série favorita era fraca e apesar das tiradas ácidas e das grandes ironias não emplacou. O roteiro tinha a faca e o queijo na mão, com uma grande oportunidade de trabalhar o contexto série dentro da série, que sempre dá muito certo, mas deixou o tiro sair pela culatra.

O que salvou mesmo o episódio dez dessa segunda temporada, foi a corrida pelo Utopiun perdido. Ravi, Major e Liv finalmente apareceram mais dispostos a resolver o caso do vírus zumbi, até porque o médico legista acredita que a cura utilizada no amigo e em Blaine é apenas temporária.

Entre altos e baixos, e uma quase promessa de ser renovada, iZombie está longe de seu grande potencial. A série que tem de tudo para ser o tipo bom de humor negro, com cinismo e acidez, apesar de não apelar totalmente para o pastelão, tem deixado a desejar na hora de falar sério.

Deixe nos comentários suas impressões sobre a volta da série e de uma nota para este episódio no placar abaixo. Antes veja a promissora promo de Fifty Shades of Grey Matter:

P.S.: Referência ótima ao passado de Rose McIver sobre um novo filme dos Power Rangers. Para quem não sabe a atriz já foi a Rager amarela em uma das versões da super equipe.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER