Jane the Virgin 2×09 — Chapter Thirty-One

Jane the Virgin retorna para a mid season ao seu melhor estilo, com mais uma reviravolta no Chapter Thirty-One.

Escolha errada.” BITCH, Magda

A espera foi longa e parecia nunca acabar. Nesse meio tempo, ainda tivemos de ver Gina Rodriguez perdendo um Globo de Ouro, com todo o respeito à vencedora Rachel Bloom. Mas enfim, Jane the Virgin voltou para a mid season dando continuidade à história da nossa virgem mais querida. E que retorno, não é mesmo?

No geral, não foi aquele grande episódio, mas dá para destacar algumas situações que foram bem prazerosas de assistir. Começando pela interação entre Petra e Rafael. Quem diria que esses dois estariam tão próximos depois de tudo o que passaram?

Para quem não lembra, a relação deles era bem complicada e a loira nada mais, nada menos, o traiu com o melhor amigo dele. Mas isso é passado, hoje ela é a personagem que mais evoluiu na trama e é com grande alegria que acompanhamos isso. Com exceção dos momentos em que a bichinha se dá mal por causa da mãe, é claro.

Vale acender um alerta para quem curte Rafael com Jane. Já sabemos que os pais de Mateo estão um pouco distantes e que, até onde foi divulgado, muita coisa parece que não vai mudar quanto a isso. Será que vai rolar um revival entre Rafael e Petra? A essa altura, não parece tão improvável assim.

Quanto a Magda, ainda não dá para ficar feliz. O narrador nem precisava avisar que as últimas palavras dela antes de ser presa ainda voltariam para atormentar a filha. Aquela mulher é simplesmente macabra e é claro que essa história está longe de terminar. Alguém precisa colocar um limite naquele cover mal feito do Capitão Gancho porque eu não aguento mais ver Petra saindo ferida de tudo isso.

Mas vamos falar de coisas alegres, positivas e coloridas? Vamos!

Que surpresa boa o fato do avô de Jane ser gay. Foi uma ótima introdução ao personagem e espero ver muito mais dele na série. E a avó por parte de pai, que na primeira temporada não tinha me agradado muito, mudou minha perspectiva ao se fazer de sonsa fingindo que não sabia. Os dois renderam boas risadas, além de uma excelente oração de Rogelio em nome da diversidade e com direito a citarem Rick Martin no meio disso tudo. #LoveWins

Outro ponto positivo do Chapter Thirty-One foi o martírio para colocar Mateo para dormir. É claro que não é nada legal dormir poucas horas por conta de choro de criança, mas foi genial a viagem que a série fez ao colocar isso como uma espécie de transmissão de jogo de basquete.

Com pouco tempo de vida, o coisa-linda-vontade-de-apertar filho de Jane já vem dando trabalho e isso foi muito bem comprovado quando sem querer ele enviou uma solicitação de amizade para a nova namorada de Michael. Sim, foi uma situação e tanto e não desejo isso nem para as inimigas, mas que foi engraçado, foi.

Nem tão engraçado assim foi Jane dando block no ex. Quem nunca, né? É um momento em que é muito fácil sentir empatia pela personagem.

Mas antes de dar continuidade, tenho que parabenizar Xiomara pela concepção que ela tem do que é se distrair. Nada como mandar Jane stalkear a namorada do cara que ela gosta para esquecer outro problema, não é mesmo? Grande distração! Diria que quem tem uma mãe dessa nem precisa de inimiga, mas Xo é só amor e é linda a relação que as Villanuevas têm.

Por fim, a grande reviravolta ficou por conta da investigação contra Mutter. Não vou nem falar do beijo que Luisa deu na detetive, só espero que Rose volte e acabe com essa palhaçada porque uma das melhores coisas de Jane the Virgin é uma ex-médica desgraçada da cabeça e uma sociopata serem apaixonadas uma pela outra.

Voltando ao que interessa, Magda ganhou uma adversária para ver quem é a pior mãe da série: Elena, a mãe de Rafael. Será mais um motivo para o pai de Mateo e Petra ficarem ainda mais próximos? Pode ser um palpite.

Descobrimos que a mãe de Luisa não é Mutter coisa alguma, a coitada até já morreu de verdade. A traficante inimiga de Sin Rostro é mesmo Elena e a mulher já andou destilando veneno pra cima do próprio filho. Segura essa marimba, mon amour!

E agora? Bem, o que nos resta é assistir a promo do próximo episódio enquanto ele não sai. Dê sua nota no placar abaixo para essa volta de Jane the Virgin e deixe seu comentário. Até o Chapter Thirty-Two!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER