Jane the Virgin 2×14 — Chapter Thirty-Six

Chapter Thirty-Six fala sobre uniões improváveis e dá uma prévia do que seria um final feliz em Jane the Virgin.

Estou grávida de nove meses de gêmeas. Sabe o que isso significa? Quase uma aberração médica.” — MINHA BICHINHA, Petra

Jane the Virgin, desde o começo da segunda temporada, vinha preparando terreno para desenvolver a relação entre Jane e Petra. Até o Chapter Thirty-Six, o caminho foi sofrido, tortuoso e não faltaram empecilhos. Porém, finalmente tivemos um gostinho do que poderia ser um final feliz.

Sim, ele é hipotético, até porque não dá para saber o que vem pela frente. A capacidade de surpreender da série já conhecemos bem.

É engraçado o quanto pode ser contraditório o fato de a série utilizar tanto clichê e ao mesmo tempo o resultado final ser criativo e bastante satisfatório. Em um universo paralelo, Petra poderia ser cercada de muitas pessoas com afeição a ela, mas, no fim, sempre seria Jane a pessoa ao lado dela na hora do parto das gêmeas.

A mais nova mamãe com certeza me mataria por isso, mas enquanto ela sofria antes de dar à luz, eu me acabava de rir com os gritos de dor tão bem sincronizados com a leitura que Jane fazia.

E quando a mãe do Mateo falou a frase que foi passada de geração em geração na família Villanueva, parecia que seria mais um desses momentos bonitinhos e preciosos que te fazem derreter feito manteiga. Parecia.

Seria um baita desperdício se Petra de repente ficasse comovida com a motivação por trás daquela expressão. O xingamento em tcheco, além de quebrar o clima cor de rosa que se instaurava, coube perfeitamente para a cena e é justificado pela personalidade difícil da loira.

Assim como o roteiro, a atuação de Yael Grobglas foi impecável e comprovou o ótimo momento vivido pela ex-vilã na série. Se tem uma coisa que Jane the Virgin acertou em cheio, foi em dar uma chance para o crescimento da personagem de Yael.

E se você está pensando que os nomes escolhidos para as recém-nascidas, Elsa e Anna, tem alguma coisa a ver com Frozen, saiba que é mera coincidência. Imagina, só você e Jane pensaram nisso.

Felizmente, essa não foi a única relação torta que dá indícios de que pode funcionar. O Chapter Thirty-Six, por pouco mais de quarenta minutos, deixou de lado a rivalidade Rafael versus Michael para que os dois pudessem trabalhar juntos.

O resultado foi melhor que o esperado. Enquanto Rafael ajudava a polícia a descobrir o paradeiro do meio-irmão, coube a Michael ser o responsável a tentar levar o dono do Marbella para o hospital onde nasceram as filhas.

Enfim, foi uma boa dinâmica combinar quatro pessoas tão diferentes e tidas como rivais em um episódio onde a bandeira branca entre eles prevaleceu. Se vão continuar assim é outra história, mas não há duvidas que foi uma boa surpresa.

Finalmente começamos a descobrir um pouco mais sobre o romance que de secreto não tem nada de Alba. Porém, como nada nessa série vem de forma fácil, ficou no ar o suspense do porquê Pablo Alonso Segura traz má sorte. Alguma teoria? Então diga nos comentários.

E falando em má sorte, Rogelio precisou apelar para a atuação para tentar escapar de Lola. Pode ter sido boa ideia, até porque não é bom contrariar gente doida. Mas se for juntar os nomes dos dois é melhor deixar como “Logelio” mesmo. A outra combinação fica meio, digamos, pornográfica.

E você, que é Team Michael e está feliz da vida, continua com motivos para comemorar. Até que enfim, tivemos o tão aguardado pedido de casamento mais do que aceito por Jane, o qual acabou sendo um bom desfecho para o episódio.

Agora resta saber o que os roteiristas vão fazer com isso. Infelizmente para uns e felizmente para outros, é mais provável que as coisas desandem futuramente. Mas é bom lembrar que o final feliz pode acontecer dependendo da ousadia de quem escreve Jane the Virgin.

Para finalizar com chave de ouro a crítica de um dos melhores episódios da temporada, nada melhor que a notícia de que teremos terceira temporada, sim! Então se preparem para mais um ano de reviravoltas malucas e ships destruídos, ou não.

Também amou o Chapter Thirty-Six? Então dê suas estrelinhas no placar abaixo e deixe seu comentário. Depois, confira a promo do próximo episódio, que só irá ao ar nos Estados Unidos dia vinte e um. Até o Chapter Thirty-Seven!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER