Jessica Jones — Uma série para quem curte o lado obscuro

Nós assistimos aos 7 primeiros episódios da nova série da Netflix em parceria com a Marvel e estamos impressionados com o resultado.

#SemSpoiler: Jessica Jones não só apresenta um enredo forte e obscuro, mas também tem um roteiro com ritmo envolvente e nada tendencioso, que agrada vários nichos de fãs. Portanto é seguro afirmar que o canal de streaming acertou novamente. Vale a pena conferir.

Ainda que inserida no mesmo universo dos Vingadores, que inclusive são citados nos primeiros episódios, a série tem uma abordagem bem mais sombria, seguindo a linha do grande sucesso de seu futuro colega de equipe, o Demolidor.

Em uma Nova York tomada pelo crime e pela corrupção, entre os cidadãos anônimos que encontramos todos os dias está Jessica. No entanto, ao contrário de Matt, ela não quer salvar sua cidade.

Jessica Jones da Marvel

O que faz de Jessica Jones uma série completamente nova, é que o drama aqui está focado nos personagens malhados pelo passado, tentando superar seus demônios e colocar a vida de volta nos trilhos. O grande problema é que a ameaça está sempre no encalço deles, e o peso de sua mão é esmagador.

Apesar dos poderes sobre-humanos da personagem, mais uma vez vemos o esforço da produção para trazer a história mais próxima da realidade. Agradar ao público que se sente mais confortável sabendo que nas sombras pode haver personagens como Jessica e Luke vivendo na surdina.

As referências aos quadrinhos que deram origem ao show também são evidentes e abundantes. Quem acompanhou a série de HQ’s Alias e gostou, não vai se decepcionar com o que foi apresentado na série.

Kristen Ritter parece finalmente ter encontrado seu lugar ao sol. Apesar da palidez e dos ambientes escuros da Nova York em que habita, vemos a atriz confortável na pele da heroína nada convencional que ela representa. O feminismo vem na medida certa: apesar das mulheres fortes, não há protestos e queima de sutiãs. Tudo é representado como deve ser, Jessica e as outras mulheres do elenco são personagens fortes e com o mesmo poder dado aos homens.

Já os homens na vida da personagem representam dois extremos que chegam a ser divertidos na tela. Luke Cage, que futuramente terá seu próprio show, aparece como um romance tórrido, despertado a partir de um passado culposo.

Já Kilgrave, o Homem Púrpura, representa o grande medo de Jessica. Mesmo antes de fazer sua grande aparição na tela o personagem tem uma forte presença, e seu poder de opressão fica muito bem representado, mesmo quando ele não está lá.

Não vamos falar demais para não estragarmos as surpresas, mas fica a dica para os curiosos e ansiosos de plantão. Se você espera muita pancadaria e sangue, como aconteceu em Demolidor, não vá com tanta sede ao pote. A qualidade da série está na densidade do roteiro de Melissa Rosenberg, na pressão psicológica do passado e do presente da personagem e seu envolvimento com o grande vilão.

Esqueça o roteiro batido: “Eu tenho que proteger minha cidade. Minha cidade precisa de mim. É minha responsabilidade”. Jessica é uma heroína que acaba movida pela culpa; seus atos protegem inocentes, mas está longe dos atos altruístas genéricos.

Se a questão é se vale a pena ou não conferir o show, a resposta é óbvia: Sim, definitivamente. Jessica Jones entra como um dos melhores programas do gênero. A intensidade do enredo e do roteiro coloca a série em um patamar diferenciado e com potencial infinito.

Anote no calendário: dia 20 de novembro a Netflix libera todos os 13 episódios da série. Prepare-se para maratona.

Confira o trailer da série abaixo:

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER