Jon Hamm: bonito demais

Ficha Corrida

Nome completo: Jonathan Daniel Hamm

Apelido: Jon, Jonny

Idade: 39 anos

Signo: Peixes

Altura: 1,84m

Estado civil: Solteiro

Bandas favoritas: Wilco e Outkast

Livro predileto: O Guia do Mochileiro das Galáxias de Douglas Adams

É alérgico a… peixe

Esta é a sua vida

Jon Hamm nasceu no dia 10 de março de 1971 em St Louis, Missouri, filho de Deborah, uma secretária e Daniel, que tocava os negócios da família, uma transportadora. Os pais de Jon se divorciaram quando o menino tinha 2 anos e ele viveu com sua mãe até que ela morreu de câncer quando ele tinha 10 anos. O menino então foi morar com o pai, mas ele também ficou doente, deixando Jon órfão aos 20 anos.

Hamm frequentou a escola particular John Burroughs, onde foi membro do time de futebol, beisebol e natação. Foi lá também que ele namorou a futura atriz Sarah Clarke, a Nina Meyers de 24 Horas, e também onde teve seu primeiro contato com o teatro, interpretando o Ursinho Pooh na primeira série. Aos 16 anos, ele ganhou o papel de Judas em Godspell e gostou da experiência, apesar de não levar o teatro a sério. Certa vez, ele disse “Atuar era divertido, mas meu avô sempre me disse que ‘nunca é tarde para ser um engenheiro. Você deve arranjar um emprego de verdade e atuar nos finais de semana ou na escola.’”

Terminado o colégio, Jon seguiu para a Universidade do Texas, mas largou o curso no segundo ano, devido a morte de seu pai. Ele voltou para o Missouri, onde continuou seus estudos. Foi por lá que ele, ao ver um anúncio procurando atores para uma produção de Sonhos de Uma Noite de Verão, começou a atuar fora da escola.

Logo depois de se formar em Inglês na faculdade, ele voltou para escola… como professor. Para ele, essa era a única maneira de agradecer pelo apoio que recebeu durante sua adolescência. Ele lecionou teatro por um ano e entre suas alunas estava Ellie Kemper, a Erin de The Office.

Em 1995, não querendo ficar em uma “carreira normal” a vida toda, Jon decidiu se mudar para Los Angeles com seu carro e 150 dólares do bolso. Ele foi morar com outros 4 aspirantes a ator e começou a trabalhar de garçom enquanto fazia testes de elenco.

O início da carreira dele não foi nada fácil porque, diferente dos outros atores de sua idade, ele não podia ser escalado para produções como Dawson’s Creek. A explicação nas palavras do próprio Jon: “Se você não parece ter 18 anos, você não consegue trabalho. E eu não parecia ter 18 anos quando eu tinha 18 anos. Eu sempre pareci 10 anos mais velho… então eu fazia teste para viver os pais deles. Aos 25 anos.”

Em 1998, depois de 3 anos sem conseguir um papel, Jon deixou a agência que o representava e continuou trabalhando de garçom e, por um tempo, foi designer de set em filmes eróticos. Nessa época, ele colocou seu aniversário de 30 anos como prazo para ter sucesso em Hollywood, dizendo “Ou você aceita aquilo e encontra outro agente ou vai para casa e diz que tentou, mas que é o fim. A última coisa que eu queria era estar aqui como um daqueles atores de 45 anos, com uma visão estreita de sua própria realidade e sem trabalhar muito. Então eu me dei 5 anos. Eu disse ‘se eu não conseguir nada até os 30, estou no lugar errado.’ E assim que eu disse isso, eu comecei a trabalhar.”

Se você aprender a cair possivelmente chegará onde quer.

Então, em 2000, Hamm conseguiu o papel de um romântico bombeiro na série da NBC Providence. Seu contrato de apenas um episódio cresceu para 19 e fez com que ele largarsse o emprego de garçom. No mesmo ano, ele fez sua estreia no cinema, com um personagem de apenas uma fala no filme de Clint Eastwood, Cowboys do Espaço.

Mas daí, ele não parou mais. Ele continuou no cinema, com papéis mais expressivos em Beijando Jessica Stein (2001)e Fomos Heróis (2002)com Mel Gibson. Na TV, ele fez uma participação em Gilmore Girls antes de ganhar o papel recorrente de Nate Basso no drama da Lifetime, The Division, entre 2002 e 2004. Quando saiu da série, ele continuou na TV com participações em Charmed, CSI: Miami, Numbers, What About Brian e The Unit.

Só em 2007, porém, ele ganhou sua grande chance quando foi selecionado entre mais de 80 candidatos para o papel de Don Draper na série da AMC, Mad Men. Além de ter que lutar contra toda essa multidão de interessados no papel, Jon teve que lidar com outro forte adversário: sua beleza. É isso mesmo, ele quase perdeu o papel por ser “bonito demais”, segundo o criador da série Matthew Weiner. Porém, Matt “sentiu” que Jon não tinha sido criado por seus pais, exatamente como Don Draper.

E Jon fez uso de seu passado para compor o personagem. Segundo o ator, ele usou as lembranças que tinha do pai para intepretar Draper, afinal seu pai também foi uma homem bem-vestido e influente que teve que enfrentar mudanças além de seu controle. Pelo trabalho na série, Jon já foi indicado três vezes ao Emmy e ao Globo de Ouro, tendo levado esse prêmio em 2008.

Mas Hamm não é bom apenas no drama. Apesar do ator ter perdido o papel de Jack Donaghy para Alec Baldwin, ele concordou em fazer algumas participações especiais em 30 Rock, interpretando Drew Baird, um médico vizinho da personagem de Tina Fey. E sua persistência em fazer parte da série foi recompensada com duas indicações ao Emmy. Além disso, seus dotes cômicos também puderam ser conferidos nas três vezes em que ele foi host do Saturday Night Live e também em versões animadas, em um episódio de Os Simpsons e no filme Shrek Para Sempre.

Ainda que seu estado civil lá em cima diga “solteiro”, Jon é um homem bastante comprometido. Desde 1997, ele está namorando a atriz e roteirista Jennifer Westfeldt (estrela de Beijando Jessica Stein) e, quando perguntado sobre seu relacionamento com ela, Hamm respondeu “Nós podemos não ter um pedaço de papel que diz marido e mulher, mas depois de 10 anos, Jennifer é mais do que apenas uma namorada.” Além de terem casa tanto em Los Angeles quanto em Nova Iorque, em 2009, os dois fundaram uma produtora juntos, a Points West Pictures e também já apareceram em comerciais da marca GAP.

Apesar de seu papel como Don Draper exigir que ele fume, Hamm deixou de fumar quando tinha 24 anos. Em entrevista, o ator revelou que, enquanto está no set,ele não fuma cigarros de verdade, mas cigarros de ervas que não contém tabaco ou nicotina, o que condiz com seu perfil, já que ele sempre foi bastante ligado aos esportes. Se nos tempos de escola, o ator já praticava diversas modalidades, hoje em dia, é um ávido jogador de golfe e tênis, além de acompanhar com fervor os campeonatos de hóquei, beisebol e futebol americano.

Enquanto a AMC não anuncia o retorno de Mad Men, que encerrou sua quarta temporada no dia 17 de outubro, Hamm poderá ser visto no início do ano que vem em dois filmes: Sucker Punch, ao lado de Vanessa Hudgens e na comédia Bridesmaids com Melissa McCarthy (de Mike & Molly). Porém, seu filme mais esperado é Friends With Kids, comédia escrita e dirigida por sua namorada, que conta com Megan Fox e a própria Jennifer no elenco. Infelizmente, o longa ainda está sendo filmado e não tem previsão de estreia. Mas já estamos esperando ansiosamente.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!