Latitudes 1×02 — Londres

Onde é que você mora?” — José
No quarto do hotel.” — Olívia
Algum em específico?” — José
Qualquer um com frigobar.” — Olívia

Londres foi a segunda parada de José e Olívia. E mais uma vez a cidade foi determinante para o clima do episódio de Latitudes. Aqui não há nem sinal de toda aquela sensualidade que permeou o quarto em Paris. O céu cinza, a cidade que nunca se atrasa, tudo está presente no episódio, que foi todo focado em conversas mais do que reveladoras ao som do maravilhoso indie rock inglês.
Dessa vez não tivemos cenas cortadas ou um clipe frenético contanto o que o que aconteceu no reencontro totalmente casual dos dois, nada de repetir fórmulas. E apesar da conversa não acontecer em um típico pub inglês, se desenrola em um local ainda mais correto, o bar do hotel de Olívia.

latitudes final

E aliás, é Olívia que domina o episódio, com suas frases programadas, com seu desejo contido, facilmente revelado por um José que já sabe como lidar com uma mulher moderna como ela. Para descobrir um pouco mais sobre ela, ele mexe em sua mala (outra forma seria revirar seu perfil nas redes sociais), já que a “mala” é muito mais honesta que as respostas prontas de Olívia.
Ao longo de pouco mais de 12min de episódio (mais longo que o primeiro), é impossível não ficarmos totalmente inebriados com a conversa dos dois.

Em meio a alfinetadas e lembranças de Paris, acabamos conhecendo (e porque não nos reconhecendo em) Olívia e José. Eles se perguntam agora o porquê de não terem passado o dia juntos na romântica cidade, e é aí que eles se revelam. Para ela passar o dia juntos seria exposição demais, já que na noite não é tão difícil assim assumirmos um personalidade muito mais sensual e interessante do que aquela que ofertamos em horário comercial, não é mesmo?
José é simples, sem mistérios, uma troca de telefones no seu caso resolveria a insegurança do reencontro. Já Olívia gosta da casualidade, do romance não programado, da ansiedade do encontro surpresa. Ela prefere aquilo que toda mulher prefere, mesmo ela sendo a representação exata da mulher moderna.

Afinal, como ela mesma afirma, trocar os telefones seria fácil, e chato. As diferenças dos dois também é revelada na forma como encaram a volta para casa: ele sente saudades da vida, dos relacionamentos mais verdadeiros, da praia. Ela se sente perdida longe dos quartos de hotéis, dos aeroportos, em meio a tantas coisas encaixotadas.

Em um episódio que focou nos personagens, não foram poucas as citações a Londres, como quando José pergunta quanto tempo demorará para Olívia dizer que está atrasada. Mas eles não estão em Paris, onde uma paixão furtiva era um bom motivo para atrasos, em Londres isso não era permitido. E eles se despedem sem chamadas telefônicas de terceiros, apenas com Olívia baixando a guarda e finalmente passando o seu contato para José.

Felizes de nós espectadores, que não tivemos um episódio que partiu para o caminho mais fácil (uma noite de balada ou em um pub em Londres seria a saída mais comum), e sim 12 minutos deliciosos que nos trouxeram José e Olívia mais verdadeiros do que nunca.
E que venha a próxima cidade!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER